PRIMEIRA PÁGINA

  • Patrícia Mello: uma das maiores do mundo

    Em artigo no site da ABI, o linguista Gustavo Conde fala sobre a jornalista, um dos maiores currículos na reportagem. Cobriu guerras, epidemias e catástrofes humanitárias e caminha para ser a primeira brasileira a merecer o Pulitzer. Agora, enfrenta um linchamento virtual e a pressão de ser humilhada por Bolsonaro.

  • Jornalistas vão à Alerj
    contra ações de Bolsonaro

    Um grupo de associados da ABI, da FENAJ e do sindicato de jornalistas do Rio, estiveram hoje (19/02) com a deputada estadual Rejane de Almeida (PCdoB/RJ), presidente da Comissão de Mulheres da Alerj. Eles pedem audiência pública em virtude das atitudes de Bolsonaro contra a imprensa e contra a jornalista Patrícia Mello.

  • Bolsonaro volta a insultar jornalista Patrícia Mello

    Nesta terça-feira (18), mais uma vez, o presidente da República, Jair Bolsonaro, é ofensivo e agride, de forma covarde, a jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha de S. Paulo. A ABI conclama a sociedade brasileira a reagir, e requer à Procuradoria Geral da República a adoção das medidas cabíveis.

  • ABI condena detenção de jornalistas na Bahia

    A ABI repudia a detenção, nesta sexta-feira (14), dos repórteres Hugo Marques e Cristiano Mariz, da VEJA, que apuravam a morte do ex-capitão Adriano da Nóbrega, na Bahia. Eles foram abordados e conduzidos a uma delegacia pela PM. A ABI exige respeito à Constituição, que garante o trabalho da imprensa.

  • ABI denuncia crescente violência contra jornalistas

    O jornalista Léo Veras tinha 52 anos e mantinha o site Porã News, onde fazia denúncias sobre tráfico de drogas na fronteira do Paraguai com Ponta Porã (MS). Ele foi executado a tiros em casa. Este foi o 19º assassinato de
    profissionais de imprensa em menos de três décadas na região.

  • Mais um jornalista assassinado. Até quando?

    O jornalista Léo Veras foi morto a tiros no último dia 12, na cidade de Pedro Juan Caballero, fronteira com Ponta Porã (MS), onde cobria crimes relacionados ao tráfico de drogas. Os 12 tiros que mataram Léo Veras são parte dos ataques que o jornalismo vem sofrendo no país. A ABI exige apuração rigorosa.

VÍDEOS

  • Nassif na ABI: Lava Jato foi armada nos EUA

  • Mais de 30 artistas em prol da ABI no Circo Voador

  • ABI reúne mais de 500 em ato contra Ditadura

  • Manifestação na ABI é destaque no exterior

  • Sociedade civil se mobiliza por Greenwald

  • ABI lança o Bloco de Carnaval “Você Vem se Quiser”

  • Almino Affonso: Deputados Federais Cassados pela Ditadura

  • Memória política: Almino Affonso fala sobre a ditadura

  • Apolônio de Carvalho, “o Herói de três pátrias”

VER MAIS VÍDEOS

GALERIA

  • Glenn Greenwald alerta para risco aos jornalistas

  • Associação Brasileira de Imprensa diz não à intimidação

  • ABI anuncia filiação do jornalista Glenn Greenwald

  • ABI condena celebração
    do golpe de 64

  • Em Foco: Eurico Dantas, A arte no olho do fotógrafo

  • Exposição reúne fotos da “Última Hora”, na ABI

  • Livro e exposição marcam trajetória do fotojornalista

  • Educadores criam espaço em homenagem a João Cândido

  • “A arte da fotografia com herança de família”