Sétimo profissional de imprensa morto no México


20/06/2016


elidio_ramos_zarate

O repórter Elidio Ramos Zárate

O repórter Elidio Ramos Zárate, do jornal “El Sur”, foi assassinado neste domingo (19/06) no estado de Oaxaca, no sul do México, por homens desconhecidos enquanto cobria os protestos de professores contra a reforma educacional, confirmou à Agência Efe o diretor do jornal regional.

O diretor-geral de “El Sur”, Luciano Pacheco, disse que Ramos foi assassinado no cruzamento viário de acesso ao município de Juchitán de Zaragoza, na região do Istmo de Tehuantepec, enquanto cobria os distúrbios e bloqueios nesta cidade realizados por professores da Seção 22 da Coordenadora Nacional de Trabalhadores da Educação.

A imprensa mexicana informa que o jornalista já teria sido ameaçado por ter fotografado algumas pessoas causando transtornos em meio ao protesto, como saques a lojas e centros comerciais, e pode ter sido morto em razão disso.

Durante o atentado contra o jornalista, de 44 anos de idade, também morreu outra pessoa, Raúl Cano López, e outra mais ficou ferida.

Este é o sétimo profissional de imprensa morto no país somente em 2016.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012