14 de agosto de 2022


Livro marca 4 anos sem
dom Paulo Arns


12/12/2020


Livro sobre Dom Paulo revela atual influência da “opus dei” na arquidiocese de São Paulo

(lançamento na segunda-feira que vem, dia 14/12)

Segunda-feira, dia 14, fará 4 anos que dom Paulo Evaristo Arns nos deixou. Para marcar a data, o jornalista Ricardo Carvalho, biógrafo do cardeal, está lançando a segunda edição de “O Cardeal e o Repórter”, que narra os bastidores das reportagens que ele fez com dom Paulo, de 1976 a 1982.

Para o lançamento, em vez de LIVE,  a Editora Terra Redonda estará oferecendo, no YOUTUBE, a partir de segunda-feira, uma mensagem de 4 minutos do autor, contando um pouco do livro.  Também a partir de segunda, o livro estará à venda no site da própria editora.

O “Cardeal”, que ganhou o Prêmio Vladimir Herzog de melhor livro de reportagem em 2010, tem dois novos capítulos. Em um deles, o autor narra os bastidores do primeiro dia dos funerais de dom Paulo, em 14 de dezembro de 2016, quando uma ordem do atual arcebispo, dom Odilo Sherer, não permitiu que o povão chegasse perto do corpo do cardeal emérito da cidade. Só depois de muita gritaria e empurra-empurra na nave central da catedral que o povo conseguiu prestar sua última homenagem ao cardeal que sempre esteve ao lado dele.

Ricardo levanta também uma questão, no mínimo, polêmica: a legitimidade da imagem do fundador da “Opus Dei”, Josemaria Escrivá, estar exposta na Catedral desde 2012, por ordem de dom Odilo.

O autor também se surpreendeu com a influência que a “Opus Dei”, cheia de segredos e com muita força internacional, exerce na arquidiocese do cardeal dom Odilo: “Enviei a ele algumas perguntas sobre estas questões, que foram gentilmente respondidas. Só não me convenceram”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012