Solidariedade a Lúcio Flávio Pinto


11/12/2009


Organizado por Cláudia Leão, fotógrafa; Maria da Conceição Globovante, publicitária e professora; e Rose Silveira, jornalista e historiadora, o abaixo-assinado de solidariedade ao jornalista Lúcio Flávio Pinto já obteve 766 adesões em todo o País.

O motivo da manifestação é repudiar a sentença expedida pelo Juiz Raimundo das Chagas Filho, titular da 4ª Vara Cível de Belém do Pará, que condenou o jornalista a pagar indenização de R$ 30 mil aos irmãos Rômulo Maiorana Júnior e Ronaldo Maiorana, proprietários das Organizações Rômulo Maiorana (ORM), uma das maiores empresas de comunicação da Região Norte.

Na sentença, expedida em 6 de julho, ainda consta a proibição de veiculação dos nomes dos irmãos e do pai Rômulo Maiorana, fundador da ORM, no Jornal Pessoal, editado por Lúcio Flávio Pinto, com circulação em Belém do Pará.

O atrito judicial se deve ao fato de Lúcio Flávio ter publicado, em 2005, em um livro organizado pelo jornalista italiano Maurizio Chierici, o artigo “Um império ao norte”, também reproduzido no Jornal Pessoal, no qual aborda supostas atividades de contrabandista do fundador da ORM, Rômulo Maiorana.

Dentre aqueles que subscreveram o abaixo-assinado e informaram a profissão estão 152 jornalistas, 101 professores, 54 estudantes, 22 funcionários públicos, 22 psicólogos, 19 historiadores, 13 engenheiros, 12 artistas, 12 sociólogos, 10 escritores, 10 fotógrafos, sete advogados, sete publicitários, sete antropólogos, seis arquitetos, seis dsigners, cinco médicos, quatro economistas, quatro enfermeiras, três assistentes sociais, três administradores, três biólogos, dois policiais, dois produtores culturais, um juiz, um ilustrador, um militar, um contador, um farmacêutico, um geólogo, um bibliotecário e um geógrafo.

Em relação àqueles que informaram a naturalidade estão 247 do Pará, 106 de São Paulo, 29 do Rio de Janeiro, 14 do Distrito Federal, 11 do Rio Grande do Sul, dez de Minas Gerais, nove do Ceará, oito de Pernambuco, oito do Paraná, sete do Maranhão, seis de Santa Catarina, seis do Rio Grande do Norte, cinco da Bahia, cinco da Paraíba, quatro de Alagoas, três de Goiás, três de Mato Grosso, dois do Sergipe, dois do Espírito Santo, dois de Rondônia, dois do Tocantis, dois do Amazonas e um do Mato Grosso do Sul. Assinaram, no exterior, um francês, um italiano e um português.

Aqueles que quiserem participar do abaixo-assinado devem enviar mensagem para o e-mail adm.aalfp@gmail.com, informando nome completo e RG.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012