Liberdade de imprensa é tema de concurso de jornalismo na América Latina


21/01/2022


Publicado no portal Media Talks.

A liberdade de imprensa foi o tema escolhido pela Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) para a edição 2022 de seu prêmio de jornalismo anual, que reconhecerá trabalhos em rádio, TV, veículos impressos digitais de qualquer tamanho.

Podem concorrer ao prêmio Excelência Jornalística profissionais de mídia das América do Norte e Latina, Caribe e Espanha. O primeiro prêmio em cada uma das 12 categorias é de US$ 2 mil (R$ 11,4 mil). Os trabalhos devem ser inscritos até 30 de janeiro.

Não é necessário ser associado da SIP para participar. A SIP também concederá o Grande Prêmio de Liberdade de Imprensa a uma pessoa ou organização com conquistas significativas em favor da causa.

 

Prêmio de jornalismo reconhece contribuição para a democracia

Leonor Mulero, presidente da comissão da premiação da SIP, ressalta a essência do concurso Excelência Jornalística:

O objetivo é destacar o jornalismo de qualidade, em todas as suas manifestações, como contribuição fundamental para a vida democrática e a pluralidade de ideias

O prêmio de jornalismo da SIP vai selecionar os melhores trabalhos nas categorias caricatura, cobertura noticiosa na internet, cobertura noticiosa, cobertura noticiosa em celulares, crônica de direitos humanos e serviço à comunidade, crônica, fotografia, infografia, opinião, jornalismo de dados, jornalismo em profundidade, jornalismo ambiental, jornalismo universitário e jornalismo em saúde.

As inscrições podem ser feitas de maneira coletiva (equipes de reportagem) ou individual. O júri será formado por membros da Comissão de Premiação da SIP, que escolherá o vencedor de cada uma das categorias.

As inscrições podem ser feitas no site da SIP.

A entrega dos prêmios acontecerá em outubro de 2022, durante a 78ª Assembleia Geral da SIP.

Em 2021 o concurso recebeu mais de 1 mil trabalhos e premiou profissionais da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, El Salvador, Estados Unidos, México, Nicarágua, Panamá, Peru e Venezuela.

Saulo Araújo, do Metrópole, foi o vencedor na categoria cobertura de notícias na internet. Um equipe do Estado de S.Paulo – Augusto Fernandes Conconi, Vinicius Sueiro, Mariana Cunha, Bruno Ponceano e Júlia Marques – conquistou o SIP em jornalismo de dados com uma representação mostrando a situação de adoção de crianças no Brasil.

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012