Justiça obriga portal Terra a reconhecer jornada de editor


18/10/2016


Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Comunique-se publicou que o portal Terra deve reconhecer a jornada especial de um ex-editor assistente do site. O processo foi ajuizado pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) e a condenação foi feita pela juíza Tania Bede Barbosa, da 80ª Vara do Trabalho de São Paulo.

O julgamento aconteceu no último dia 7, sendo que a decisão judicial só foi divulgada no dia 10. O jornalista trabalhou para o portal de setembro de 2013 a setembro de 2014 na edição e redação de notícias, além de narração de eventos.

O texto acrescenta que a decisão faz com que o profissional tenha os direitos trabalhistas reconhecidos, incluindo o pagamento dos valores que são devidos desde a demissão. A condenação vai refletir na remuneração do repouso semanal, nas férias, nas gratificações de Natal, no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e na respectiva multa de 40%.

O Terra afirmou que foi intimado da decisão e apresentará recurso ao Tribunal Regional do Trabalho, pois o site “não possui jornalistas em seu quadro de funcionários, atuando como simples curador de conteúdo, com notícias de agências e parceiros”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012