Jornalista é agredido em cobertura de acidente em SP


11/08/2016


Corretor parte para agredir o jornalista. Foto: TV Matão

Corretor parte para agredir o jornalista. Foto: TV Matão

O G1 postou que um repórter da TV Matão, de São Paulo, ficou ferido após ser agredido, nesta quarta-feira (10), quando fazia imagens de um acidente na Avenida São Lourenço, no Centro de Matão (SP). O agressor, que é filho da vítima do acidente, negou a agressão e disse que apenas o empurrou e tentou pegar o celular do jornalista. Um boletim de ocorrência foi registrado e a Polícia Civil vai investigar o caso.

Segundo a publicação, o jornalista Beto Garcia, de 50 anos, gravava a movimentação após a queda do motociclista na avenida. O filho da vítima, de 33 anos, chega e já manda as pessoas se afastarem.

Ele se irrita e parte para cima do jornalista quando percebe que ele está gravando. O repórter tenta explicar que é jornalista, mas isso não acalma o rapaz. Nervoso, o homem grita para que o jornalista apague as imagens.

O site acrescenta que moradores que estavam por perto para socorrer o pai do agressor tentaram acalmar o homem, que é corretor de imóveis.

O jornalista teve ferimentos principalmente na região do pescoço. Ele passou por exame de corpo de delito e registrou boletim de ocorrência. Segundo o G1, o corretor disse que estava muito nervoso e que havia pedido para o repórter parar de filmar. Ele negou que tenha agredido o jornalista e disse que apenas o empurrou e que tentou tirar o celular.

O pai dele, que sofreu o acidente de moto, teve algumas escoriações, foi atendido no Pronto-Socorro e liberado. A Polícia Civil informou que vai chamar a vítima e o agressor, que já tem passagem na polícia por lesão corporal, para prestar depoimento.
Foto TV Matão

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012