Jornal da Floresta: oito anos de informação em BH


01/11/2016


 

Layout 1Pautado por temas e assuntos diretamente ligados ao bairro Floresta, em Belo Horizonte, o Jornal da Floresta chega aos oito anos como o principal veículo informativo dos moradores da região. Mesmo as reportagens sobre assuntos gerais são feitas sob a ótica da comunidade e os reflexos que isso traz à população.

O veículo cumpre também o papel de porta-voz das reivindicações da comunidade junto ao Poder Público e a preocupação com a qualidade de vida está como uma das prioridades na linha editorial.

Matheus Lima, diretor do jornal, conta que quando o periódico começou, em novembro de 2008, era a realização de um sonho de alguns moradores, que viram nesse veículo comunitário de comunicação um meio de levar melhorias para o bairro: “Buscamos desde o início identificar problemas para de alguma forma ajudar a população com a possível resolução. Mas também, uma maneira de mostrar as coisas boas que temos aqui”.

Com periodicidade mensal e tiragem de dez mil exemplares, o jornal conta a história de um dos bairros mais antigos e tradicionais de Belo Horizonte. “Nós vivemos em um dos locais mais tradicionais de Belo Horizonte, que nasceu ainda quando a capital começava a ser construída”, lembra Matheus. “Com isso, descobrimos histórias fantásticas, contadas em várias esquinas do bairro, por pessoas que o acompanharam ao longo dos anos”.

A partir dessa linha editorial, a equipe foi atrás de diversas histórias e começou a trabalhar para buscar também os benefícios para o bairro. “Uma tarefa árdua. Encontramos dificuldades pelo caminho, mas sempre obstinados na busca por melhorias. E sempre com a ajuda do leitor, fomos descobrindo cada vez mais problemas e histórias que puderam colaborar para atingirmos nossa meta de mostrar a Floresta como ela verdadeiramente é”.

A redação recebe dezenas de cartas, e-mails e telefonemas, que resultaram na elaboração de reportagens de denúncia, muitas vezes deixadas de lado pelos grandes veículos de comunicação. u O periódico já conta com 12 pontos de distribuição espalhados pelo bairro, onde o morador pode ter acesso gratuito ao exemplar do jornal. Está também no site e nas redes facebook.

Informações de Jornalistas&Cia

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012