Governador Marcelo Déda


06/11/2007


O atual Governador do Estado do Sergipe, Marcelo Déda, orgulha-se por ter sempre estudado em escolas públicas, onde, muito cedo, iniciou sua militância política, no Movimento Secundarista. Na Universidade Federal de Sergipe, onde seguiu o curso de Direito, Marcelo Déda, já engajado nos movimentos sociais daquele período, militava pelas liberdades democráticas e pela construção de um país justo e igualitário. Participou ativamente da construção do Partido dos Trabalhadores no estado de Sergipe, iniciando sua carreira política como Deputado Estadual. Sua atuação como Deputado Federal e Líder do PT aproximou-o dos Tribunais de Contas, dando início às relações hoje consolidadas.

Em 2000, elegeu-se Prefeito de Aracaju, o que lhe permitiu implementar os ideais pelos quais lutara até então. Seu grande desafio era desenvolver um modelo de Governo que não esquecesse os mais favorecidos, mas que, prioritariamente, adotasse políticas públicas de inclusão social. A participação popular, a inversão de prioridades, a responsabilidade fiscal e a qualificação das políticas públicas foram as principais referências de seu Governo. E sua gestão foi aprovada pela população, que o reelegeu com 71% dos votos válidos. Consolidava-se o caminho que o levaria ao Governo do estado de Sergipe, em 2006, onde pôde, finalmente, realizar o sonho do qual mais se orgulha, o de ser o agente da transformação social e de construir um novo Sergipe.

Ao tomar posse no Governo do Estado, exaltou a importância das atividades de controle exercidas pelos Tribunais de Contas, como fiscal da sociedade na gestão dos recursos públicos, mas afirmou que não daria trabalho ao TCE de Sergipe, pois seu Tribunal de Contas estava em sua consciência e em sua casa, submetido permanentemente aos princípios éticos compartilhados com sua mulher e filhos, numa referência clara à sua sólida formação moral e suas convicções políticas, cujas influências atribui a seu avô, Zeca Déda, de quem herdou o senso de justiça social.

O Governador Marcelo Déda encontra-se em missão oficial, inadiável e de última hora, nas cidades de Barcelona e Colônia, com a finalidade de captar investimentos estrangeiros para o desenvolvimento do estado de Sergipe. Em telefonema ao Presidente Thiers Montebello, o Governador manifestou seu lamento pela impossibilidade de participar da cerimônia, afirmando que, apesar de sua ausência, seu coração estaria entre nós, uma vez que a Primeira-dama, Senhora Eliane Aquino, dona absoluta de seu coração, seria sua representante. 

O Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro tem a honra de convidar a Primeira-dama do estado de Sergipe, Senhora Eliane Aquino, para receber, em nome do Governador Marcelo Déda, o Colar do Mérito Ministro Victor Nunes Leal.

    

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012