16 de agosto de 2022


Feminacine – Mostra de cinema feminino de países de língua portuguesa


07/05/2021


A Livre Essência Produções apresenta a primeira edição da MOSTRA FEMINACINE, uma mostra

cinema dedicada à produção de realizadoras cis e trans de países que falam a língua portuguesa.

A mostra exibirá 48 filmes produzidos por diretoras do Brasil, Angola, Cabo Verde,

Moçambique e Portugal, com curadoria da cineasta Rosa Miranda e de Bia Marques,

diretora de fotografia e fundadora do Coletivo de Mulheres e Pessoas Transgênero do

Departamento de Fotografia do Cinema Brasileiro (DAFB). Toda a programação da

mostra será online e gratuita.

Além de produções nacionais, a seleção da I MOSTRA FEMINACINE conta com dois filmes

de realizadoras de Moçambique, três produções de Angola, um de Cabo Verde, e cinco

filmes de cineastas de origem portuguesa.

A desigualdade de gênero e raça na produção audiovisual tanto no Brasil quanto em outros países

do mundo é alarmante. Dados recentes da Ancine sobre participação feminina no audiovisual

brasileiro demonstram que apesar de mais qualificadas, as mulheres estão em menor número em

quase todas as funções; os orçamentos de filmes dirigidos por mulheres são menores e quando se

trata de mulheres negras e/ou trans, o abismo é ainda maior.

Isso não significa que elas não estejam produzindo, mas que têm menos oportunidades no

mercado e menos reconhecimento. Algumas iniciativas vêm buscando mudar esse cenário, e o

FEMINACINE se insere nesse movimento de dar visibilidade e valorizar as produções femininas no

audiovisual, bem como fomentar o intercâmbio entre realizadoras da comunidade dos países de

língua portuguesa.

Nesse sentido, nos importa também revisitar e atualizar a trajetória e a história já feita por estas

mulheres cineastas, como é o caso da brasileira Adélia Sampaio – a primeira diretora negra a

lançar um longa-metragem no país. O filme “Amor maldito” (1984), seu primeiro longa-metragem,

assim como toda a sua filmografia, são um referencial histórico fundamental para realizadoras,

não apenas no Brasil, mas em todo mundo.

Por essa razão, a FEMINACINE escolheu Adélia Sampaio como homenageada de sua primeira

edição. A abertura da mostra se realizará as 18h, no dia 10 de maio, com a exibição do

seu mais recente curta-metragem, “O mundo de dentro” (2018), seguida de um

bate-papo online com a diretora e com as curadoras Bia Marques e Rosa Miranda.

Entre os dias 10 e 16 de maio, a programação da mostra também oferece três oficinas

gratuitas voltadas para o universo do audiovisual, de roteiro com Rachel Aguiar; de

produção, com Elaine Rodrigues e de fotografia, com o Coletivo DAFB. As inscrições nas

atividades acontecerão pelo Sympla.

A MOSTRA FEMINACINE foi selecionada no edital Fomenta Festival da SECEC RJ/Lei Aldir Blanc e

devido ao contexto, será realizada no formato online (os filmes ficarão disponíveis no site/

plataforma com acesso gratuito). O evento contará também com oficinas e debates.

CURADORAS

Rosa Miranda é formada em licenciatura em Cinema e Audiovisual pela UFF, mestranda em

Cinema no PPGCINE Programa de Pós Graduação em Cinema e Vídeo da Universidade Federal

Fluminense. Foi suplente da setorial de Audiovisual no Conselho Municipal de Políticas Culturais de

Niterói. Foi candidata a vereadora de Niterói em 2020, é militante do coletivo Quilombo Virtual das

Artes e Cultura de Niterói. Militante do MNU NITERÓI. Associada da Associação de Profissionais do

Audiovisual Negros APAN. Curadora de mostras e festivais de cinema, roteirista, produtora,

cineasta e arte educadora.

Bia Marques é diretora de fotografia e cineclubista. Formada em Jornalismo pela UFRJ, atuou por

10 anos no fotojornalismo carioca. Migrou para o audiovisual indo estudar Cinema na UFF. Atua

como diretora de fotografia no cinema independente e periférico. Assina a fotografia das séries

Futuro em Movimento, Noturnas e de vários curtas. Com Dez Elefantes foi contemplada com

Prêmio ABC 2009 e Kodak Filmschool Competition 2008 (1o lugar Brasil e 2o lugar sulamericano).

É uma das membras fundadoras do DAFB – Coletivo de Mulheres e Pessoas Transgênero do

Departamento de Fotografia do Cinema Brasileiro e também associada à ABC – Associação

Brasileira de Cinematografia Ministra oficinas de cinematografia e iluminação tendo circulado por

instituições como o Cinema Nosso, Ação da Cidadania, AIC/RJ, SENAI, NPD/Niterói, entre outras.

FICHA TÉCNICA I MOSTRA FEMINACINE

DATA DE REALIZAÇÃO: 10 A 16 DE MAIO 2021

Online e gratuita

Site: http://feminacine.com

Facebook: http://facebook.com/feminacine

Instagram: http://instagram.com/femina_cine

OFICINAS FEMINACINE

12 e 13/05 – Elaboração de projetos culturais com base na lei Rouanet

https://www.sympla.com.br/oficina-elaboracao-de-projetos-culturais-com-base-na-lei-rouanet—ifeminacine__

1204020

12 a 14/05 – A fotografia em filmes de baixo orçamento, com Coletivo DAFB

https://www.sympla.com.br/a-fotografia-em-filmes-de-baixo-orcamento—estrategias-e-solucoes-

–i-feminacine__1205378

15 e 16/05 – Construção de personagens através da metolodia Lean, com Rachel Aguiar

https://www.sympla.com.br/oficina-construcao-de-personagens-atraves-da-metodologia-lean—i-f

eminacine__1204100

EQUIPE FEMINACINE

Coordenação Geral – Hannah Cavalcanti

Curadoria – Bia Marques e Rosa Miranda

Produção executiva – Monica Miranda

Produção técnica – Rafael Miranda e Todes Play

Assistente de produção – Rejane Neves

Coordenação administrativo financeira – Hannah Cavalcanti e Paloma Monerat

Site e Redes Sociais – Livia Santos

Redatora de mídias sociais – Tatiana

Assessoria de imprensa – Beatriz Macruz

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012