Cinegrafista sai do coma induzido


23/02/2010


O cinegrafista da TV Record Alexandre Silva de Moura, conhecido como Alexandre “Borracha”, saiu do coma induzido em que era mantido desde o dia 10 de fevereiro, quando se feriu gravemente na queda do helicóptero da emissora, na zona sul de São Paulo.

Segundo a agência R7, a assessoria do Hospital Albert Einstein, onde Alexandre está internado, informou que o cinegrafista teve uma “importante recuperação neurológica”, está consciente e já se comunica por meio de gestos, mas ainda respira com a ajuda de aparelhos.

Acidente

No acidente com o helicóptero morreu no local o piloto Rafael Delgado Sobrinho, de 45 anos. Ele tentou fazer um pouso de emergência com a aeronave “Águia Dourada”, modelo Esquilo, que caiu no Jockey Club, na manhã do dia 10 de fevereiro.

O cinegrafista Alexandre Silva de Moura tem 36 anos e é funcionário da TV Record desde abril de 2001. Atualmente, exerce a função de coordenador de sistema de TV externo.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012