Amigos lamentam o falecimento do fotógrafo Marcelo Min, aos 47 anos


Por Claudia Sanches

28/08/2015


marcelomin

O fotógrafo Marcelo Min

O fotógrafo Marcelo Min, 47 anos, colaborador da revista “Globo Rural”  e de várias outras publicações, faleceu na tarde desta quinta-feira (27/8), em são Paulo, após sofrer um aneurisma cerebral. 

Marcelo passou mal ontem pela manhã, quando, após deixar os dois filhos pequenos na escola, em São Paulo. Levado para o Hospital das Clínicas, foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu.

O fotógrafo deixou esposa Luciana Benatti, dois filhos – de 6 e 10 anos – e muitos amigos, que lembrarão dele não somente como o ótimo profissional e como um amigo, companheiro, artista, colega e um ser humano.

Segundo André Sarmento, editor de fotografia da revista “Época”, o descendente de coreanos, era talentoso, gostava de ir pra rua, de estar perto da notícia, na linha de frente – de fazer parte das matérias bem feitas e apuradas e se envolvia a ponto de sugerir  pautas: “Não por acaso, foi o fotógrafo preferido de alguns dos melhores jornalistas com quem já trabalhei”.

Sarmento, que trabalhou 17 anos com Marcelo em vários veículos, ainda acrescenta que ele se antecipou a uma exigência do mercado e, muito antes de todos, tornou-se um profissional multimídia: “Começou a filmar e a escrever além de fotografar. Fez isso não porque achava que esta seria uma condição para conseguir trabalho, mas porque percebeu que estas ferramentas ampliariam seu repertório e lhe ajudariam a contar melhor as histórias”, conta.

A repórter Eliane Brum, lembrou o amigo fez fotos maravilhosas sobre o nascimento e a morte, como o nascimento de seus filhos, de parto natural e do falecimento de seu Antônio Correia “Eu quero morrer que nem o seu Antônio. Até o último momento bem-humorado, até o último momento cheio de vida”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012