ABI repudia violência contra jornalista Marivaldo Filho em Salvador, na Bahia


09/07/2015


prédio-ABI

 

“Rio de Janeiro, 8 de julho de 2015

Excelentíssimo Sr. Rui Costa

Governador do Estado da Bahia

Senhor Governador,

A Associação Brasileira de Imprensa recebeu com perplexidade e apreensão a notícia do espancamento do jornalista Marivaldo Filho, ocorrido na madrugada do último domingo, em Salvador. O episódio se reveste de inominável gravidade pelo fato dos agressores serem policiais militares. As violências cometidas contra Marivaldo, além de representarem grave ofensa à liberdade de imprensa, afrontam o Estado de Direito e enodoam a imagem do Governo da Bahia, no momento  em que a Presidência da República está empenhada em conter a escalada dos crimes cometidos contra jornalistas em todo o País.

A ABI  espera que Vossa Excelência determine a imediata identificação dos policiais envolvidos nesse triste episódio para que sejam punidos, de forma exemplar, pelo Comando da Corporação.  O Governo do Estado da Bahia não pode ser leniente com manifestações de truculência dessa natureza.

Vossa Excelência   tem o dever moral de combater todos os atos  que venham a comprometer as melhores tradições de uma terra historicamente envolvida na luta contra a injustiça,  o preconceito e as desigualdades, um dos legados de que tanto se orgulha o povo baiano. Os homens de bem esperam que essa covarde agressão seja apurada com firmeza e os culpados submetidos aos rigores da lei.

 

Domingos Meirelles

Presidente da ABI”

 

 

 

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012