2 de dezembro de 2022


ABI ingressa na Comissão Arns de Direitos Humanos


17/07/2019


De acordo com a proposta de reinserção da Associação Brasileira de Imprensa – ABI, junto às entidades e movimentos que lutam pelo estado democrático de direito e em defesa da sociedade a nova diretoria da “Casa do Jornalista” participará, a partir desta quarta-feira (17/07) da Comissão Dom Paulo Evaristo Arns de Defesa dos Direitos Humanos – Comissão Arns.

Com isso, o presidente recém empossado da ABI, Paulo Jerônimo, o Pagê, atende ao convite enviado por Paulo Vannuchi, um dos criadores da Comissão Arns. O jornalista Juca Kfouri, membro do novo Conselho Consultivo da ABI e um dos coordenadores da ABI em São Paulo, foi designado para representa-la junto à Comissão já na reunião que ocorrerá nesta quarta-feira.

A Comissão Arns foi criada em fevereiro passado por diversas personalidades da sociedade civil e tem como sua presidente de honra Margarida Genevois, uma incansável guerreira pelos Direitos Humanos no nosso país. Seu presidente executivo é o professor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, ex-ministro de Direitos Humanos no governo de Fernando Henrique Cardoso, Paulo Sérgio Pinheiro.

A comissão, cujo nome é uma homenagem ao cardeal emérito de São Paulo, Paulo Evaristo Arns, falecido em dezembro de 2016, que à frente da arquidiocese paulista por 28 anos, foi um baluarte na defesa dos direitos humanos, tem por objetivo “articular a luta na defesa de uma política de estado de direitos humanos”.

Na reunião desta quarta-feira, quando se discutirá a criação de uma Mesa Permanente de Diálogo contra a violência, estarão representes do Conselho Federal da OAB, da Comissão Brasileira de Justiça e Paz e da CNBB/SP.

Abaixo a carta endereçada por Paulo Vannuchi a Ricardo Carvalho, da ABI em São Paulo.

Prezado Ricardo,

Conforme já adiantamos em contato telefônico, peço a gentileza de endereçar à Presidência da A.B.I. este convite da Comissão Dom Paulo Evaristo Arns de Defesa dos Direitos Humanos/Comissão Arns para que essa importante entidade nacional se some às discussões preparatórias voltadas a lançar uma Mesa Permanente de Diálogo contra a violência.

Tanto o Conselho Federal da OAB quanto a Comissão Brasileira de Justiça e Paz e a CNBB/SP já estão engajadas nesse processo, ao lado de várias outras representações.

Trata-se da necessidade de construir uma resposta ampla e pluralista à escalada de intolerância e ódio que assola o Brasil já há alguns anos, com recrudescimento em 2019 por força de atitudes oficiais estimulando essa onda, seja no plano federal, seja no âmbito de algumas unidades da Federação.

Na próxima quarta-feira, dia 17, na sede da OAB Regional SP, na Praça da Sé, voltaremos a reunir as entidades que já estão engajadas nessa articulação e seria muito honroso e estratégico o engajamento também da ABI, agora que finalmente essa sigla memorável por tantas lutas democráticas passa por um importante reinício de gestão, respondendo a uma forte expectativa da cidadania brasileira e dos jornalistas em especial.

Nesse sentido, gostaríamos de contar com você já nessa reunião de quarta-feira, ou de algum representante da ABI.

Aguardando uma resposta positiva, envio em nome da Comissão Arns os votos de um trabalho muito exitoso no mandato que ora se inicia.

Muito obrigado.

Paulo Vannuchi

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012