ABI celebra missa em memória do jornalista Maurício Azêdo


27/10/2014


mauricio azedo missa 2
Será celebrada no próximo dia 30 de outubro, quinta-feira, uma missa em memória de Oscar Maurício de Lima Azêdo, ex-presidente da Associação Brasileira de Imprensa – ABI. O ato, em ocasião de um ano da morte do jornalista, acontece às 12h, na Igreja de Santa Luzia, na Rua Santa Luzia, 490, no Centro do Rio. Azêdo presidiu a instituição em três mandatos: 2004-2007; 2007-2010; e 2010-2013.

O jornalista morreu no dia 25 de outubro de 2013, aos 79 anos, em decorrência de uma parada cardíaca, enquanto estava internado no Hospital Samaritano. Desde o início da década de 1960, atuou como repórter, redator, cronista, editor, chefe de reportagem, editor-chefe e diretor de redação em inúmeros veículos, como o Jornal do Commércio, Diário Carioca, Jornal do Brasil, Diário de Notícias, Jornal dos Sports, Última Hora, O Dia, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo, entre outros jornais diários e revistas semanais.

Foi também colaborador de jornais alternativos de resistência à ditadura (1964-1985), como a Folha da Semana, do Partido Comunista Brasileiro (PCB). Ele foi perseguido e torturado pelo regime militar na década de 1970, fato que marcou sua trajetória na defesa dos Direitos Humanos.

Maurício Azêdo também se dedicou à política. Vereador na Câmara Municipal do Rio de Janeiro por três legislaturas (1983-88, 1989-1992, 1993-1996), foi Prefeito interino em exercício do Rio por oito dias (15-22/3/83), Presidente da Câmara Municipal no biênio 1983-85, Secretário Municipal de Desenvolvimento Social (1986-1987) e, de 1999 a 2004, Conselheiro do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, no qual foi aposentado compulsoriamente por limite de idade em setembro de 2004.

Entre as distinções que recebeu figuram a Medalha de Mérito Pedro Ernesto, da Câmara Municipal do Rio de Janeiro; a Medalha Tiradentes, da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro; o Colar Victor Nunes Leal, do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, e o Colar do Mérito Judiciário, conferido em dezembro de 2005 pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012