1 de julho de 2022


Unesco treinará policiais para proteger jornalistas durante manifestações


05/04/2022


Publicado no portal Media Talks

Londres – A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, a Unesco, anunciou uma parceria com a Associação Internacional de Polícia (IPA, na sigla em inglês) para treinar policiais e membros de segurança pública na defesa da liberdade de expressão e na proteção da segurança dos jornalistas.

Um curso MOOC (Curso Online Aberto e Massivo) online e gratuito será aberto a organizações policiais em todo o mundo.

“A polícia e as forças de segurança têm um dever fundamental para garantir que os jornalistas possam fazer seu trabalho com segurança”, disse a diretora geral da agência, Audrey Azoulay.

Unesco treina policiais com curso online gratuito

Estudo da Unesco de 2020 com 65 países apontou um aumento acentuado nas violações da liberdade de imprensa durante protestos de rua.

Assédio, intimidação, ataques, prisões e até assassinatos de jornalistas, muitas vezes realizados pela própria polícia e forças de segurança, também foram constatados.

A falta de treinamento da polícia sobre como manter a ordem em manifestações e ao mesmo tempo permitir que os jornalistas façam seu trabalho é considerada um dos principais fatores para os constantes atritos entre imprensa e forças de segurança pública.

A Unesco já treinou 8.500 policiais em 17 países da América Latina, África e no mundo árabe por meio de parcerias locais.

Agora, o trabalho será ampliado e acelerado por meio deste novo acordo com a IPA, que tem 372 mil membros em quase 100 países.

O MOOC compreenderá uma série de cursos online gratuitos e é baseado no Manual de Treinamento da agência da ONU sobre Liberdade de Expressão e Ordem Pública.

É destinado à polícia, forças de segurança e agências de aplicação da lei, incluindo formadores de agentes da polícia, guardas civis, estagiários da polícia, oficiais de inteligência, polícia de choque, porta-vozes da polícia e investigadores.

Tanto o MOOC quanto um treinamento global de treinadores serão projetados e ministrados pelo IBZ Castle Gimborn, centro de treinamento e educação da Associação Internacional de Polícia, na Renânia do Norte-Vestfália, Alemanha.

Segundo dados da Unesco, quase nove em cada dez assassinatos de jornalistas em todo o mundo nos últimos anos continuam sem solução.

A iniciativa de treinamento da agência e da IPA também incentivará a polícia a realizar investigações para garantir que os responsáveis ​​por esses crimes sejam identificados e processados.

Para implementar esse treinamento, a agência da ONU se valerá de sua longa experiência na formação de juízes, que também desempenham um papel fundamental na proteção da liberdade de expressão, liberdade de imprensa e acesso à informação.

Desde 2013, a organização e seus parceiros treinaram 23 mil juízes, integrantes do poder judiciário e representantes da sociedade civil de todo o mundo em padrões internacionais sobre essas questões.

Foto: Harrison Haines/Pexels

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012