14 de agosto de 2022


Tomógrafo da Rocinha vai para a Igreja Universal


30/04/2020


Instalações da Igreja Universal, na Estrada da Gávea (Imagem: Reprodução)

Com 69 mil habitantes, de acordo com o último Censo do IBGE, a Rocinha é o décimo quinto bairro do Rio em número de mortes e de casos confirmados de covid-19. Ao todo, 53 moradores da maior favela do Brasil foram infectados pelo coronavírus e outros seis morreram com a doença, de acordo com o último balanço, divulgado nesta quarta-feira.

Para conter o avanço da covid-19 na comunidade, uma das medidas anunciadas pela Prefeitura do Rio foi a instalação de um tomógrafo de alta definição, que permite o diagnóstico preciso do coronavírus.

A promessa foi feita aos moradores, confirmada à imprensa em entrevista coletiva na última segunda-feira (27), e publicada pelo próprio prefeito nas redes sociais. Marcelo Crivella, em seu perfil pessoal, no último domingo (26), reforçou que a Rocinha seria uma das cinco regiões que receberiam tomógrafos.

O compromisso foi firmado por Crivella com o presidente da Associação de Moradores, Wallace Pereira, e alinhado com a secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch. Segundo o representante da comunidade, ficou definido que a UPA da Rocinha seria o ponto de instalação do tomógrafo.

No entanto, nesta quarta-feira (29), moradores da comunidade alertaram à Associação que esta promessa estava sendo quebrada. Operários da Prefeitura iniciaram uma obra no estacionamento da Igreja Universal do Reino de Deus na Estrada da Gávea, na entrada principal da Rocinha. O templo, segundo os moradores, seria o novo destino do tomógrafo. O presidente da Associação de Moradores, Wallace Pereira, se diz frustrado.

A Prefeitura confirma que o tomógrafo está sendo montado na Igreja Universal e deve ficar pronto no início da próxima semana. Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que o critério de escolha do local levou em consideração a infraestrutura para a instalação rápida do equipamento.

O comunicado diz ainda que trata-se de uma instalação provisória e que, depois da pandemia, o tomógrafo será direcionado a unidades de saúde do município, em caráter permanente.

Fonte: http://bandnewsfmrio.com.br

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012