8 de agosto de 2022


Sextou


28/07/2022


As dicas do fim de semana de Maria Luiza Busse, diretora de Cultura da ABI

Julho junino


Amanhã, sábado, tem a tradicional Festa Julina promovida pelo Centro Socialista dos Trabalhadores do Judiciário (CESTRAJU) e pelo Centro Cultural Octavio Brandão (CCOB). O forró pé de serra começa às 15h e é animado pelo grupo Trio de Janeiro. Tem bingo cultural entre as brincadeiras. A cartela custa R$10,00. A entrada é franca. O Centro Cultural Octavio Brandão fica na rua Miguel Ângelo, 120, entrada pelo portão da rua Francisco Neiva, próximo da Estação Maria da Graça do Metrô Linha 2. Mais informações
https://centroculturaloctaviobrandao.blogspot.com/2022/07/festa-julina-e-forro-no-ccob.html

Fora do Rio

Lazer com cidadania e cultura é a audiência pública que a Comissão de Defesa do Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, Alerj, realiza neste sábado e convida à participação na Ilha Grande, em Angra dos Reis. O assunto é ‘insustentabilidade ambiental’ e acontece na Casa de Cultura Vila Abraão, centro da Ilha, às 10h30. Boa oportunidade de passeio neste inverno solar e temperatura amena. As barcas para a Ilha têm saída em Mangaratiba e em Angra. O percurso dura entre 1h20 e 1h40, e o preço da passagem é R$18,40. Consulta de horários no site https://www.ilhagrande.com.br/como-chegar/horarios-para-abraao/

Inéditos italianos

Pela primeira vez, a anual 8 ½ Festa do Cinema Italiano amplia o circuito de filmes inéditos e realiza mostra simultânea em 20 cidades do país. Em 7 capitais, a programação de hoje, que segue por todo o fim de semana, vai até 3 de agosto. São elas: Belo Horizonte – UNA Cine Belas Artes; Brasília – Espaço Itaú Brasilia Casa Park; Porto Alegre – Espaço de Cinema Bourbon Country; Recife – Moviemax Rosa e Silva; Rio de Janeiro – Espaço Itaú de Cinema Rio de Janeiro; Salvador – Cine Metha Glauber Rocha; São Paulo – Espaço Itaú de Cinema Augusta. A dica do crítico de cinema-apresentador do nosso Cineclube Macunaíma, Rodrigo Fonseca, é Ennio, o maestro, documentário de Giuseppe Tornatore sobre a música de Ennio Morricone. Tornatore, conhecido pela direção de Cinema Paradiso”, reuniu depoimento do filho Marco Morricone, e de mestres do som (Bruce Springsteen, Quincy Jones, John Williams, Hans Zimmer) e da luz (Clint Eastwood, Marco Bellocchio, Dario Argento e Quentin Tarantino), para dimensionar a extensão do talento do compositor de mais de 500 melodias que seguem comovendo plateias. Ennio Morricone faleceu em julho de 2022, em Roma, aos 91 anos. Confira se sua cidade está no circuito no site da programação https://br.festadocinemaitaliano.com/

Sempre Cauby

Último final de semana para assistir o musical Cauby uma paixão. O ator Diogo Vilela é Cauby Peixoto nesse show teatralizado que percorre a carreira do artista trazendo as canções que imortalizou com performance única e voz inesquecível. No repertório, Conceição, Bastidores, A Pérola e o Rubi, Molambo, Samba do Avião, Eu e a Brisa, entre outros sucessos. O roteiro é de Flávio Marinho. Sexta a domingo, às 20h; ingresso inteira, R$100,00, R$50,00 meia. Venda no site da Sympla ou na bilheteria do Teatro dos 4, Rua Marquês de São Vicente, 52 – Loja 265, Shopping da Gávea, Rio de Janeiro.

Poesia em concerto

Via zoom, neste sábado, às 15h, Concerto de Poesia Africana no Instituto Estação das Letras. O Especial Poesia Africana de julho 2022 tem como convidados os poetas o moçambicano Amosse Mucavele e o angolano Abreu Paxe que vão compartilhar leituras e conversar sobre seus processos criativos. Mucavele vive em Maputo onde é jornalista cultural, curador da Feira do Livro de Maputo e da Feira Internacional do Livro de Quelimane. Foi chefe de redação e editor de diversos jornais. No Brasil, é membro do Conselho Editorial da Revista Mallarmargens e da Academia de Letras de Teófilo Otoni. O poeta e professor Paxe também tem familiaridade com o Brasil. Fez doutorado em Comunicação e Semiótica na PUC de São Paulo. Em Luanda, onde vive, organizou a Primeira Bienal Internacional de Poesia. Colaborou com o cinema como consultor nos filmes sobre a Rainha Nzinga, produzido pela Semba comunicações, e Agudas – o Regresso do Escravo, produção brasileira de Fábio Martins. A coordenação do evento é de Nuno Rau. O ingresso é gratuito. Inscrição pelo sympla.com.br/iel

Samba em Brasília

De hoje até domingo a capital do país será a avenida do samba com a realização do Congresso Especial de Aniversário da Federação Nacional das Escolas de Samba, entidade que celebra 5 anos reunindo 83 Ligas que representam 820 escolas de samba e blocos carnavalescos de 17 estados. O Congresso será no Museu da República e as personalidades que se destacaram em diferentes categorias neste ano de 2022 serão homenageados com o Grande Prêmio do Carnaval Brasileiro. A porta-bandeira Selminha Sorriso e Tia Surica, presidente de honra da Portela, estão entre os agraciados que vão receber diploma e troféu. Selminha Sorriso também será oficialmente empossada como a II Embaixadora da Fenasamba e recebe o título da atual Quitéria Chagas. Na extensa programação, hoje tem apresentação da Escola de Samba Unidos do Vicente Pires, às 20h30, e amanhã, sábado, é a vez da escola de samba Águia Imperial da Ceilândia, às 19h00. Ainda no sábado, às 22h00, haverá ensaio da Acadêmicos da Asa Norte, na quadra da escola, Setor de Clubes Esportivos Norte Trecho 03 – lote 09 – Asa Norte. A ideia da Fenasamba nasceu em 2013 durante a audiência pública sobre Cadeia Produtiva do Carnaval, promovida pela Câmara dos deputados, com o objetivo de organizar a defesa das Escolas de Samba, do carnaval e da cultura popular. O evento contará com a participação, entre outros, do ex-presidente da Portela e diretor Cultural da Liesa, Luís Carlos Magalhães, sócio benemérito nº 2 da Fenasamba; do vice-presidente da Portela, Junior Escafura, do carnavalesco Milton Cunha, da subsecretária de Difusão e Diversidade Cultural da Secretaria de Cultura do DF, Sol Montes; de Solange Cruz, presidente da Mocidade Alegre, de São Paulo. A ABI estará representada pela sua diretora de Cultura, Maria Luiza Busse.

Inverno Bom no Sudoca

Festival de Inverno Bom chega ao Sudoeste de Brasília. Domingo, das 10h às 18h, tem shows, recreação para crianças, comidinhas e produtos artesanais à venda. A entrada é franca e aberta inclusive para pets. O local do evento é o Pomar entre a QRSW 06 e a Quarta Avenida, Sudoeste.

O melhor da dança

Termina amanhã, sábado, o Festival de Dança de Joinville, Santa Catarina, que reúne mais de 550 grupos de 23 estados brasileiros, além de bailarinos do Canadá e do México. O evento é realizado há mais de trinta anos e se espalha pela cidade, que atrai profissionais e público de todas as partes do país e de fora contemplado com montagens completas de balés consagrados, peças de destaque de gêneros diversos de dança e criações contemporâneas. Além da mostra competitiva, o festival oferece atividades de aperfeiçoamento para bailarinos e coreógrafos por meio de didáticas inclusivas, realização de cursos, oficinas, workshops, palestras e debates. Em 2005, o evento recebeu do Guinness Book o título de Maior Festival de Dança do Mundo por reunir mais de sete mil participantes diretos e público superior a 230 mil pessoas durante os doze dias de realização.

Efeméride

Dia 31 de julho, que este ano cai no domingo, é o Dia Mundial do Orgasmo. A data começou a ser celebrada em 1999, por iniciativa de algumas lojas britânicas de produtos adultos, que tinham como objetivo aumentar as suas vendas e provocar o debate sobre as dificuldades que muitas pessoas sentem em atingir o ápice do prazer na intimidade. Nessa data, grupos sociais organizam debates e conversas abertas ao público para oferecer e trocar informações importantes sobre o orgasmo. Está comprovado que a satisfação na cama é questão de saúde física e emocional.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012