4 de dezembro de 2022


Unesco se manifesta contra morte de Jornalistas


20/02/2017


498641-irinabokova-460x310

Irina Bokova (Foto:Reprodução)

A diretora-geral da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), Irina Bokova, condenou  o assassinato de dois jornalistas da rádio FM 103, na República Dominicana.

Bokova afirmou que “tal brutalidade espalha o terror não só através da comunidade da mídia mas também por toda a sociedade”.

Segundo a UNESCO, um homem armado entrou nas instalações da rádio nesta terça-feira e disparou contra o apresentador Luis Manuel Medina e contra o produtor e diretor da emissora, Leónidas Martinez, quando apresentavam ao vivo o programa “Milenio Caliente”.

Irina Bokova pediu às autoridades dominicanas que façam tudo que for possível para levar à justiça o responsável ou responsáveis pelo crime.

Ela quer também que as “autoridades apoiem as empresas de comunicação cuja contribuição para um debate público informado é indispensável para manter o respeito pelos direitos humanos internacionais, em particular, do direito básico de liberdade de expressão”.

Com informações da ONU News

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012