14 de agosto de 2022


Saga do dicionário do Aurélio no Encontros com a Cultura


21/01/2021


Saga do dicionário do Aurélio no Encontros

Encontros da ABI com a Cultura volta nesta quinta-feira, 21,  a fazer suas entrevistas virtuais,  às  19h30, quinzenalmente, no canal da Associação Brasileira de Imprensa do YouTube. Os entrevistados serão os jornalistas Cezar Motta, autor do livro Por trás das palavras, que fala das disputas que marcaram a criação do dicionário Aurélio, o maior fenômeno do mercado editorial brasileiro, lançado em 1975; e o jornalista maranhense Joaquim Campelo, 90 anos, recém-saído da Covid, e que participou da produção da obra, mas entrou numa batalha judicial com Aurélio Buarque por não lhe dar a coautoria e que acabou no STF.

Cezar Motta, nascido em Niterói, 70 anos, trabalhou em diversos jornais do Rio e escreveu também um livro sobre o Jornal do Brasil, Até a última página, onde conta a história do jornal, além de suas relações com os governos brasileiros. Campelo, que também trabalhou no JB e foi diretor editorial do Senado, somente em 2015 encerrou a batalha com Aurélio.

Os dois jornalistas estão radicados em Brasília, atualmente. Os entrevistadores são as jornalistas Vera Perfeito, diretora de Cultura e Lazer da ABI, os jornalistas e conselheiros da ABI, Maria Luiza Franco Busse e José Sérgio Rocha,  e Davit Chargel, presidente do Conselho Deliberativo.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012