Repressão na Somália


04/03/2008


Três emissoras de rádio foram fechadas nesta segunda-feira, dia 3, na cidade de Mogadíscio, capital da Somália, por determinação do Governo de transição. Segundo o Sindicato Nacional de Jornalistas Somalis (Nusoj), na ocasião militares agrediram o jornalista Abdiaziz Hussein Hassan, da rádio Simba, e prenderam o Diretor da rádio Shabelle, Muktar Mohamed Hirabe. Para a organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF), “a situação representa ameaça grave à liberdade de imprensa na região, que enfrenta conflitos desde 1991, quando o Presidente Mohammed Siad Barre foi deposto”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012