12 de agosto de 2022


Morre no Rio aos 79 anos a jornalista Martha Arruda


18/07/2017


Morreu aos 79 anos, nesta segunda-feira (17), no Rio, a jornalista Martha Arruda. Nascida em Cuiabá, ela residia já há mais de 20 anos no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro. A Associação Brasileira de Imprensa lamenta o falecimento da Conselheira e membro da Comissão de Direitos Humanos da Casa do Jornalista.

Martha era aposentada da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), trabalhou no jornal Diário de Cuiabá e escrevia contos e crônicas. Atuou em assessorias de imprensa de várias empresas, como o Sesc e a Petrobras Durante anos foi editora da revista Gente que Acontece, do colunista social Carlinhos Corrêa. Martha era irmã do também falecido artista plástico João Arruda, que foi colunista social em Cuiabá, e deixa outros três irmãos, Nilo, Deli e Luiz Mário Arruda, além de uma filha e netos que moram em Florianópolis (SC).

Em sua página na rede social – Facebook -, sua neta deixou nesta terça-feira um adeus carinhoso, escrevendo que “o Céu está em festa. Deus abençoe a minha vó!”‘.

Conhecida pelo bom humor, Marta ainda cultivava na capital cuiabana suas amizades, principalmente entre jornalistas e artistas. Além de crônicas que revelam sua cuiabanidade.

O  sepultamento será nesta quinta-feira, 20, às 14 horas, no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju, zona portuária do Rio.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012