Jornalista é agredido por policiais militares durante jogo em Santos (SP)


Por Cláudia Souza*

01/12/2014


Botafogo e Santos em partida no estádio da Vila Belmiro, em Santos(SP)

Botafogo e Santos em partida no estádio da Vila Belmiro, em Santos(SP) Foto: Vanessa Rodrigues/ A Tribuna dos Santos)

O repórter Bruno Cassucci, do jornal Lance!, foi abordado de forma violenta por policiais militares, neste domingo, dia 30, durante o confronto entre torcedores após o jogo Santos X Botafogo, no estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).

Santistas e botafoguenses se enfrentaram lançando pedaços de paus e pedras. A Polícia Militar utilizou bombas de efeito moral para conter o tumulto.

Em matéria publicada no Lance!net, Bruno Cassucci relatou que torcedores dos dois times e dezenas de policiais militares protagonizaram “cenas de guerra” nos arredores do estádio da Vila Belmiro.

— Eu me aproximei do local para registrar o incidente e apurar se havia feridos e pessoas sendo detidas. Neste momento fui abordado por policiais de forma truculenta. Sob a mira de uma arma, fui detido, revistado e agredido . Eu disse que era jornalista, mas isso parece não ter ajudado, pelo contrário, pois um dos policiais apagou todas as imagens que eu havia feito no meu telefone celular. Em seguida outro PM me ameaçou colocando uma bomba de efeito moral dentro da minha calça. Outro policial disse que eu seria liberado sob a promessa de jamais retornar ao local.

De acordo com o jornal Lance!, a Polícia Militar de São Paulo não se pronunciou oficialmente sobre a agressão ao jornalista.

*Com informações do Lance!

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012