Intelectuais e artistas aderem à Comissão


20/01/2008


Intelectuais, artistas e personalidades de diferentes segmentos da sociedade manifestaram sua adesão à Comissão de Honra do Centenário da ABI, aceitando o convite formulado pela Casa. A relação montada pela ABI, que continua a receber adesões à Comissão, presidida por Oscar Niemeyer, inclui artistas plásticos, atores e diretores de cinema, teatro e televisão, bailarinas e coreógrafas, compositores e intérpretes de música popular brasileira, arquitetos, engenheiros, escritores, historiadores e teatrólogos. 

As declarações de adesão e seus signatários são os seguintes:  

 Aldir Blanc
                                  Compositor, Rio de Janeiro, RJ
        

               “Prezado Maurício Azêdo, Sinto-me honrado e feliz com o presente convite, compartilhando-a com outros brasileiros a 
importância de ser membro da Comissão de Honra do Centenário da ABI (…) Reitero a lisonja em pertencer a essa Comissão nos
100 anos de existência da ABI. 
               Cordialmente (a) Aldir  Blanc.
                     

      

Amir Haddad
                     Teatrólogo e Diretor Teatral/ Rio de Janeiro, RJ
 
         “Caro Maurício Azêdo,   
 
         Desde minhas primeiras recordações de jovem adolescente, despertando para os direitos  e deveres da cidadania, que a sigla ABI povoa minha memória.  Ao longo da minha historia pessoal,  ela sempre esteve associada ao que de melhor o País cultivava, como respeito,  responsabilidade cívica e  vocação  democrática inabaláveis.  Hoje não dissocio mais   esta organização  de mim mesmo e  de meu trabalho, dedicado à construção de uma sociedade mais justa e mais confortável.   Os valores representados  por esta organização são valores  que uso para nortear minha vida,   e orientar minha participação na vida do País.
         Ser agora chamado para fazer parte desta Comissão de Honra me honra muito.   De tantos reconhecimentos, este   é daqueles que mais enaltecem.
         Grato e atento, sempre (a) Amir Haddad.
 
 
Ana Botafogo
                 Bailarina/Rio de Janeiro, RJ
 
            “Prezado Sr. Maurício Azedo,
 
            Primeiramente desculpa pelo atraso na resposta desse ofício mas devido às minhas viagens e ensaios não achava onde o havia colocado . Como quis responder pessoalmente acabei por desorganizar-me nesse sentido .
            Se ainda há tempo, gostaria de lhe dizer que muito me honrou este convite para participar da Comissão de Honra para as comemorações do centenário da ABI, casa por que tenho o maior respeito.
            Gostaria de expressar minha anuência a tão importante convite e pedir que me esclareçam sobre minhas responsabilidades ou datas de participação em algum evento, pois já tenho alguns espetáculos agendados para este ano e gostaria de conciliar nossas agendas .
            Desde já muito grata e aguardo uma resposta de sua parte.
            Com meu respeito (a) Ana Botafogo.”

 Ana Maria Magalhães
                           Cineasta, Rio, RJ

         “Recebi o convite para fazer parte da Comissão de Honra e aceito com muito prazer”, (a) Ana Maria Magalhães.”

             
Antonio Candido de Mello e Souza
                        Escritor e Professor de Literatura/São Paulo
        
         “Senhor Presidente Maurício Azêdo,
 
         Recebi a correspondência na qual me informa sobre os eventos destinados a comemorar o Centenário da Associação
 Brasileira de Imprensa e tem a bondade de me convidar em termos atenciosos para integrar a Comissão de Honrna ligada ao mesmo.
         Agradeço e aceito muito honrado o convite, feliz pela oportunidade de me associar ao reconhecimento público de uma entidade 
que tem dignificado o exercício da inteligência no Brasil e do espírito em face das prepotências.
         Muito atenciosamente (a) Antonio Candido de Mello e Souza
 Arthur Moreira Lima
                   Pianista, Florianópolis

Caros amigos,

      “Estou muito honrado com o convite para participar da comissão das comemorações do Centenário da ABI, entidade com presença substantiva na vida brasileira.

       Inclusive, estou ligado à ABI por laços sentimentais, pois foi no seu auditório que realizei meu primeiro recital solo, em novembro de 1948.
       Considero esse recital o ponto de partida para uma carreira artística que completa 60 anos neste ano de 2008. (a) Arthur Moreira Lima.”
 
 Augusto Boal
                        Teatrólogo e Diretor Teatral, Rio de Janeiro, RJ
        
         “Caríssimo Maurício Azêdo,
 
         Eu me sinto honradíssimo em ser convidado para integrar essa Comissão 
de Honra do Centenário da ABI, e aceito com alegria o seu convite por duas razões principais: porque vem da ABI, entidade que sempre respeitei, e de você, pessoa que sempre admirei.
            Um grande abraço fraterno do (a) Augusto Boal.”
 
 
 
Beatriz Milhazes
                        Rio de Janeiro, RJ
          
                

             “Prezado Sr. Mauricio Azedo,
           
            Foi com grande felicidade que recebi o convite para fazer parte da Comissão de Honra para as comemorações do Centenário da ABI, 
Casa de inconfundível importância na vida publica da Cidade do Rio de Janeiro.
            Esta Casa abrigou momentos históricos da politica nacional e é com imenso prazer e honra que celebrarei este centenario!
            Com toda minha atenção, atenciosamente (a)
Beatriz Milhazes.”

 Beth Carvalho
                       Cantora, Rio, RJ

“Estimado amigo e companheiro Maurício Azêdo,

                É com grande honra que aceitei este convite-convocação para integrar a Comissão de Honra da Associação Brasileira
 de Imprensa, cuja trajetória em defesa do Brasil orgulha a consciência democrática nacional.
               Foi exatamente nos espaços desta gloriosa ABI que se deram batalhas fundamentais para a nossa soberania, como, por exemplo, 
a “Campanha do Petróleo é Nosso”, enfrentando os poderosos interesses estrangeiros, resultando na vitoriosa criação da Petrobrás
e do monopólio estatal do petróleo, mais tarde vergonhosamente quebrado pelos segmentos neoliberais que tantos prejuízos trazem 
ao nosso povo e tantos favores mesquinhos prestam ao poder externo que explora nossa Pátria.
              Porém, estou também orgulhosa por ingressar nas fileiras de uma entidade que tem como missão basilar a defesa do jornalismo 
cidadão, não aquele rebaixado à condição de publicidade disfarçada em defesa dos interesses do poder econômico, mas de um jornalismo 
comprometido com a responsabilidade social de elevar o padrão informativo-cultural do nosso povo, assegurando-lhe a pluralidade e a diversidade informativas previstas na Constituição, contribuindo para a construção de um outro modelo de comunicação social, público, democrático e
genuinamente nacional, liberto da tirania vídeofinanceira que embrutece nossos cidadãos e agride e despreza a nossa fértil cultura nacional.
             Com muita honra, estou junto com a ABI nesta caminhada por uma informação transformadora, democrática, capaz de 
resgatar a dívida informativo-cultural que se acumulou contra o povo brasileiro e de trabalhar para a plenitude de uma verdadeira
democracia em nosso Brasil, para o que se exige, urgentemente, democracia na comunicação.
             Contem comigo! Com carinho (a) Beth Carvalho.”
            

Cacá Diegues

           &bbsp;       Cineasta, Rio, RJ        
        
         “Caro Mauricio Azêdo,

         Confirmo que recebi sua correspondência do dia 26 de novembro e quero que saiba que me sinto muito feliz e honrado com o convite que 
você me faz através dela.
         Assim, é claro que aceito fazer parte da Comissão de Honra nos festejos do centenário da ABI, o que me dará muita satisfação e orgulho.
         Fico à sua disposição e à disposição do corpo social da ABI. Com um abraço do (a) Cacá Diegues.”
 

Carla Camurati
                      Cineasta e Atriz, RJ
        
          “Prezado Senhor,
 
         É com grande prazer que aceito o convite para integrar a Comissão de Honra do Centenário da Associação Brasileira de Imprensa.
         Ressalto que me sinto orgulhosa em poder contribuir mesmo que com uma pequena parcela nas comemorações alusivas aos cem anos de um dos mais representativos orgãos da sociedade brasileira.
         Cordialmente (a) Carla Camurati
 
      

 Carlos Alberto Torres
                            Desportista, Rio, RJ

        “Honrado com a delicadeza do convite para integrar a Comissão de Honra do Centenário, autorizo a ABI a utilizar 
meu nome como novo membro da prestigiosa comissão. Desde já coloco-me à sua inteira disposição. 
              Abraços cordiais (a) Carlos Alberto Torres.”

  

  

         
Carlos Zílio
                   Artista Plástico, Rio de Janeiro, RJ
        
         “Prezado Senhor Maurício Azêdo,
 
         Recebi o seu convite para participar da Comissão de Honra do Centenário da Associação Brasileira de Imprensa.
    &bbsp;    Fico extremamente lisonjeado pela lembrança do meu nome e é com grande satisfação que aceito. Espero que minha presença na Comissão possa expressar o reconhecimento dos artistas plásticos pela liderança da Associação Brasileira de Imprensa ao longo de todo o século XX  nas lutas pela liberdade de expressão e justiça social no Brasil.
         A honra certamente é minha por participar desta Comissão e torna-se maior por ter o arquiteto Oscar Niemeyer como seu presidente.
         Com o meu agradecimento,
         Cordialmente (a) Carlos Zilio.
 
 
Dalal Achcar
                   Coreógrafa e Bailarina, Rio de Janeiro, RJ
        
         “Estimado amigo e Presidente Maurício Azêdo,
 
         Agradeço e aceito muito sensibilizada o convite que me faz para participar da Comissão de Honra do Centenário desta brilhante instituição que é a ABI.
         Sinto-me muito honrada em fazer parte desta comissão, pois a ABI é para todos nós um marco de excelência na prática da democracia e uma referência na orientação dos caminhos que o Brasil deve trilhar.
         Coloco-me à disposição e mais uma vez agradeço.
         Cordialmente (a) Dalal Achcar
 
 
Dorival Caymmi
                           Rio de Janeiro,RJ
 
            “Estou muito feliz com a lembrança da ABI de me convidar para a Comissão de Honra de seu Centenário. Conheci essa Casa desde os tempos de Herbert Moses. Desde que cheguei ao Rio, no final dos anos 30, a imprensa sempre me tratou com muita atenção e muito carinho. Além de feliz, estou muito honrado com o convite da ABI.” (declaração feita por iniciativa de seu filho Dori Caymmi, também compositor e cantor)”
 Fernanda Montenegro
                                 Atriz, Rio, RJ

         “Prezado Sr. Maurício Azêdo,
         Pela presente, como solicitado pelo Sr., envio o meu “de acordo” ao honroso convite a mim dirigido para fazer parte
da Comissão de Honra nas comemorações do centenário da ABI.

         Atenciosamente (a) Fernanda Montenegro.”

 
Fernando Pamplona
                        Cenógrafo/ Rio de Janeiro, RJ
        
         “Exmo. Senhor Maurício Azêdo,
 
         Aceitando, com honra minha indicação para o conselho da ABI, quero afirmar que poucas vezes na minha vida senti tanto orgulho esquecendo o sentido pejorativo que essa palavra pode conter.
         É com orgulho, meu irmão e amigo de fé que aceito fazer parte da Comissão de Honra do Centenário da ABI.
         Com respeito amizade e alegria (a) Fernando Pamplona
 
Francis Hime
                    Compositor e cantor/ Rio de Janeiro, RJ
        
         “Prezado Maurício Azêdo, Presidente da ABI,
 
         Agradeço e aceito, muito honrado, o convite que recebi para integrar a Comissão de Honra do Centenário da ABI.
         Cordialmente (a) Francis Hime
 
 
Geraldo Sarno
                     Cineasta/ Rio de Janeiro, RJ
           
         “Jornalista Maurício Azêdo
         DD Presidente da Associação Brasileira de Imprensa-ABI,
 
         Prezado Senhor,
 
         Sinto-me muito honrado por ser distinguido com convite da Associação Brasileira de Imprensa-ABI para fazer parte da Comissão de Honra do Centenário. A ABI é um marco na história das lutas pela liberdade em nosso país.
         Com meu agradecimento e consideração (a) Geraldo Sarno.”
 
 Gilberto Gil
                         Cantor e compositor, Salvador, BA

        “Prezado Maurício Azedo
         Presidente da Associação Brasileira de Imprensa

         Nada existe de mais precioso para o ser humano que a liberdade. Liberdade de falar, de cantar, de ir, de vir, mas liberdade também de ficar, de não ser obrigado a ir, liberdade de conseguir os meios de subsistência, liberdade de imprensa, que é a liberdade de informar e também o direito de ser informado corretamente sobre o que se passa nesse mundo de meu Deus, liberdade de amar, liberdade de ser o que se é. Mas nem sempre pudemos desfrutar deste viver com que sempre sonhamos. E todas as vezes em que as trevas do arbítrio cobriram o nosso país, a ABI se fez presente, por seus dirigentes e associados, exigindo luz, portando o estandarte da defesa dos direitos mais sagrados do cidadão. Chegou, por sua postura, a ser alvo de atentados contra a sua sede. Mas nunca arriou essa bandeira. Por tudo isso, é com muito orgulho que aceito participar da sua Comissão de Honra, neste momento especial em que a instituição, que já faz parte da nossa história, celebra cem anos de existência.
        Saudações fraternas (a) Gilberto Gil, Ministro de Estado da Cultura.”

 
Guguta Brandão
Produtora Cultural/Rio de Janeiro, RJ
        
         “Prezado Presidente Maurício Azêdo,
 
         É com muito prazer que aceito o seu convite de integrar a Comissão de Honra do Centenário dessa tão prestigiosa associação, tendo, além do mais, a figura do meu querido amigo Oscar Niemeyer na nossa liderança.
         Sem mais, atenciosamente (a) Guguta Brandão.”
 Hans Donner
                         Design, Rio, RJ

       &bbsp; “O convite para integrar a Comissão de Honra do Centenário de uma
instituição da importância da ABI – afirma Hans Donner – é uma honra para qualquer pessoa deste país. Imagine esta honraria multiplicada mil vezes para entender o que ela significa para mim. Ainda mais com o Niemeyer na presidência, é de verdade muita gentileza desta terra maravilhosa comigo. Obrigado de coração. (a) Hans Donner.”

 

 
Haroldo Costa
                         Escritor e historiador, Rio de Janeiro, RJ
             
         “Amigo Maurício, desculpe não ter respondido antes,estava viajando. É claro que aceito o seu convite, que estou certo foi feito mais em nome de nossa cultivada amizade .
         Estamos aí. Conte comigo, será uma grande honra.
         Abraços, Haroldo.”
 
 
Hermínio Bello de Carvalho
                   Compositor, poeta, escritor/Rio de Janeiro, RJ
        
         “Meu caro Mauricio Azêdo,
 
         Aceito,  sim, e com muita honra, o convite formulado através do Oficio ABI PRES. 1284/2007. 
         Aproveitando a oportunidade, informo que  registrei o próximo centenário da ABI numa das sessões do Conselho  Estadual de Cultura. 
         Seu ex-colega da Escola Municipal 3-3 Deodoro, (a) Herminio Bello de Carvalho.”   
 
 
João Bosco
                    Compositor e cantor/ Rio de Janeiro, RJ           
        
         “Caro Maurício Azêdo,
         Presidente da ABI,
 
         Com o espírito elevado, aceito e agradeço a distinção que se traduz nesse convite para participar da Comissão de Honra da ABI  no ano em que se comemora o seu glorioso centenário.
         Sempre vigilante e atenta quanto aos rumos democráticos em nosso país, à ABI coube, principalmente,   o papel  de manifestar e divulgar o pensamento da sociedade  brasileira, sem exceção. A liberdade da imprensa é a liberdade do pensamento.
         Abraço  afetuoso (a) João Bosco.”
 
 
João Gualberto de Carvalho Meneses
    &bbsp;                   Professor e escritor/São Paulo, SP
        
         “Prezado Senhor Maurício Azêdo,
         DD. Presidente da Associação Brasileira de Imprensa-ABI,
 
         Recebi seu Ofício ABI. PRES nº 1605/2007, pelo qual me convida para participar da Comissão de Honra das Comemorações do Centenário de fundação da Associação Brasileira de Imprensa.
         Tenho pela ABI enorme respeito pelo que representa seu passado de “luta pela liberdade” e pelo papel que hoje desempenha na contrução da democracia brasileira.
         Por este venho manifestar-lhe, expressamente, minha concordância com a inclusão de meu nome na Comissão de Honra.
         Quero, também, declarar ques estou envaidecido, emocionado e imensamente honrado com o convite.
         Receba e transmita ao corpo social da ABI os meus mais sinceros agradecimentos e fraternais saudações acadêmicas.
          (a) João Gualberto de Carvalho Meneses
 
 João Moreira Salles
                       Cineasta, Rio, RJ

             “É com muito honra que aceito participar da comissão. A companhia não poderia ser mais ilustre. (a) João Moreira Salles.” 

Joel Rufino
                     Professor, escritor e historiador/Rio de Janeiro, RJ
        
         “Prezadíssimo Maurício,
         Sinto-me honrado com o convite para integrar a Comissão de Honra para o centenário da nossa instituição, confome carta de 26 de novembro de 2007. Aceito e agradeço. Se esta declaração eletrônica é bastante, está feita. me considere membro da Comissão.
         Um grande abraço do amigo certo e admirador (a) Joel Rufino dos Santos.”
 
 
José Carlos Sussekind
                      Engenheiro, Rio de Janeiro, RJ
        
         “Caro Presidente Maurício Azêdo,
 
         Com muita honra recebo seu convite para integrar a Comissão do Centenário da ABI presidida por nosso Mestre e amigo querido Oscar Niemeyer.
         Seu convite realmente me sensibilizou.
         Fico a seu dispor (a) José Carlos Sussekind
 
 
José Wilker
                       Ator, diretor/Rio de Janeiro, RJ 
        
         “Prezado Maurício Azêdo,
 
         Convite Feito. Convite aceito. Aguardo instruções.
         Atenciosamente (a) José Wilker.”
 
 
Luiz Carlos Barreto
                    Cineasta/Rio de Janeiro, RJ
 
         “Prezado amigo Maurício Azêdo,
 
         É com imensa honra e grande felicidade que me dirijo a você para declarar minha disposição em integrar a Comissão do Centenário da ABI, entidade que soube, através de sua existência, firmar-se como a principal tricheira na luta pelas liberdades democráticas.
         Com amizade e admiração (a) Luiz Carlos Barreto.
 
 
Lydio Introcaso Bandeira de Mello
Artista plástico e professor/Rio de Janeiro, RJ
        
         “Prezado Maurício Azêdo,
 
         Recebi seu ofício-convite e quero agradecer-lhe o gesto amável e a grande confiança em mim depositada. Este agradecimento se estende à Diretoria pelo privilégio que agora tenho de representar uma parte da sociedade brasileira durante as comemorações do primeiro centenário da ABI.
         Com os agradeciementos ao corpo social da ABI e em particular ao amigo Maurício Azêdo, firmo-me.
         Cordialmente (a) Lydio Introcaso Bandeira de Mello.”
 
Marco Nanini
                       Ator/Rio de Janeiro, RJ
        
         “Prezado Sr. Maurício Azêdo,
 
         Agradeço o convite, aceitando-o com honra. Esforcei-me em manter os ideais e objetivos que contribuem na exaltação do papel da imprensa e da comunicação em geral na construção de uma sociedade democrática e justa.
         Cordialmente (a) Marco Nanini.”
 
Maria Bonomi
                     Artista Plástica/São paulo, SP
nbsp;       
         Prezado Senhor,
 
         Antes de mais nada, peço perdão pela demora em responder, posto que me encontrava no exterior e somente agora vosso ofício ABI.PRES nº 1.216/2007, de 26 de setembro de 2007, me chegou às mãos.
         Sinto-me profundamente lisonjeada com vosso convite para integrar a Comissão de Honra das comemorações do Centenário de vossa excelsa instituição. É uma honra infinita representar a área das artes visuais ao lado dos insignes convidados. Mas também honradíssima por estar sob a Presidência do ilustre arquiteto Oscar Niemeyer, desta Comissão.
         Portanto, coloco-me à vossa disposição para todas as questões necessárias e eventuais providências, sendo que, no momento, estou seguindo para Curitiba, exatamente para o Museu Oscar Niemeyer, onde terei uma individual de grande porte.
         Comunique-me, por favor, minha comoção pelo convite a todo o corpo social da ABI.
         Cordialmente (a) Maria Bonomi.”
 
 
Mariêta Severo
                        Atriz/Rio de Janeiro, RJ     
        
         “Prezado Maurício Azêdo
         Presidente da Associação Brasileira de Imprensa
 
         É com muita alegria que aceito o convite para integrar a Comissão de Honra do Centenário da ABI, orgulhosa de participar das comemorações dessa data histórica. Sou admiradora dessa entidade, da sua luta permanente pela liberdade, do que ela representa para a sociedade brasileira. A liderança tantas vezes exercida pela ABI inspirou a todos que participaram dessas lutas, possibilitando os avanços que certamente alcançamos ao longo de nossa história na construção de uma sociedade democrática e justa. A imprensa, representada pela bela história da ABI, merece as homenagens dos que atuam em todos os campos da vida social brasileira.
            Cordialmente,         (a) Mariêta Severo.”
 
 
 
Marília Pêra
                        Atriz, Rio de Janeiro, RJ
        
         “Prezado Maurício,
         Obrigada pela indicação de meu nome para a Comissão de Honra nas comemorações do primeiro centenário da ABI.
         Quando eu tinha oito ou nove anos, comecei a fazer parte de um grupo de jovens e crianças que se apresentavam em recitais de piano, em todos os finais de ano na ABI. Essa é, portanto, minha memória mais remota e mais terna desse local.
         Aceito o convite agradecida e desejo muitas alegrias futuras para o novo centenário da ABI.
         Cordialmente (a) Marília Pêra.”
 
 
Nelly Martins Ferreira Candeias
                      Escritora/São Paulo,SP
        
         “Caro Maurício Azêdo,
 
         Nossa entidades têm muito em comum: promover a cidadania, defender o patrimônio cultural da Nação e resolver assuntos conflitantes de interesse para a memória histórica do Brasil.
         Honrada com seu convite para integrar a Comissão de Honra do Centenário da Associação Brasileira de Imprensa-ABI, brilhantemente presidida pelo Senhor, aceito, com justificado orgulho, a generosa indicação do meu nome.
         Atenciosamente (a) Nelly Martins Ferreira Candeias.”
 
Othon Bastos
                   Ator, Rio de Janeiro, RJ
        
 
         “Prezado Maurício Azêdo – Presidente,
 
         Foi com grande prazer que recebi o convite da ABI, através da carta datada de 18 de outubro de 2007, para integrar a “Comissão de Honra” do Centenário da ABI, cujas comemorações serão a partir do dia 7 de abril de 2008.
         É claro que aceito o convite e sinto-me não só agradecido como também honrado!
         Peço que a Comissão Executiva, com antecedência possível, me coloque a par das datas (a partir de 2008), pois sendo eu um ator, nem sempre disponho de alterar, eu próprio, os horários aos quais estou sujeito: (teatro, cinema e televisão).
         Mais uma vez gostaria de deixar registrado aqui o meu agradecimento por tão importante convite.
         Cordialmente (a) Othon Bastos.”
 
 
Paulinho da Viola
                           Cantor e compositor/Rio de Janeiro/RJ
        
         “Prezado Jornalista Maurício Azêdo,
 
         Com imenso prazer, aceito o convite feito por V.Sa., em nome da Associação Brasileira de Imprensa–ABI, para fazer parte da Comissão de Honra constituída em razão das comemorações de seu centenário, no próximo ano.
         Com isso, aproveito para expressar meu reconhecimento pela inestimável contribuição dada por essa instituição à cultura e à liberdade de expressão em nosso país.
         Com afeto (a) Paulinho da Viola.”
nbsp;
Raymundo de Oliveira
                  Engenheiro/Rio de Janeiro, RJ
        
         “Senhor Presidente,
 
         Recebi, orgulhoso, o convite para integrar a Comissão de Honra do Centenário da nossa histórica ABI.
         A história da ABI se confunde com a luta pela independência e pela democracia em nosso Brasil. Dentre grandes dirigentes, não posso deixar de destacar a figura do nosso inesquecível Barbosa Lima Sobrinho, cuja coragem, competência e dedicação marcaram décadas de nossas mais expressivas lutas.
         Presidente Maurício Azêdo, sua vida também traz a marca do compromisso com nossa terra. Sua gestão, com seu particular brilho, tem dado continuidade a essa tão expressiva história de lutas.
         Dessa forma aceito, como disse, com grande orgulho, a missão de contribuir nas comemorações do Centenário da Associação Brasileira de Imprensa.
         Agradecido pelo convite, despeço-me,
         Atenciosamente (a) Raymundo de Oliveira.”
 Regina Duarte
                                Atriz, Rio, RJ

         “Feliz com a indicação do meu nome ao lado das mais expressivas figuras do cenário artistico nacional – diz Regina Duarte –, venho por meio desta aceitar, honrada, o convite para participar das comemorações dos 100 anos desta valorosa Associação.

Esperando poder contribuir de toda forma para o sucesso dos eventos, aproveito a oportunidade para exaltar a importância da ABI na vida do nosso país; instituição que sempre se notabilizou pela defesa da democracia e da liberdade de expressão. No aguardo de mais informações sobre a expectativa de vocês no que se refere à minha participação, despeço-me gratificada pela deferência. (a) Regina Duarte.”
 
 
Reginaldo Dutra
Editor/São Paulo, SP
        
         “Prezado Presidente,
 
         Em meu nome e dos autores da RG Editores tenho a imensa satisfação em cumprimentar V. Sª pelo transcurso do 100º aniversário de fundação da Associação Brasileira de Imprensam, entidade que está ligada à História brasileira, com exemplos de muita luta. Homens que legaram o exemplo de seu espírito público, de imensa reserva moral, como Barbosa Lima Sobrinho, engrandecem não apenas a Imprensa, mas todos aqueles que lutam por um Brasil melhor para todos.
         A RG Editores, que conta em seu catálogo de livros com expressivos nomes do jornalismo, como Abguar Bastos, Wanderley Nogueira, Caio Porfírio Carneiro, Rodolfo Konder, Geraldo Nunes, Álvaro Alves de Faria, Laudo Paroni, Guido Fidelis, Eduardo Reina, Virginia Pezzolo, Roberto Fontes Gomes, Assis Ângelo, Silvia Carneiro, Lilia Pereira da Silva e Nildo de Oliveira, formula a V.Sª e demais membros da Diretoria da ABI votos de sucesso com a certeza de que novas vitórias serão conquistadas na pemanente luta pela liberdade de imprensa e no fortalecimento do jornalismo.
         Atenciosamente (a) Reginaldo Dutra.”
 
Ruy Ohtake
                    Arquiteto/São Paulo, SP
        
         “Caro Maurício Azêdo,
 
         Aceito, honrado, o convite da Associação Brasileira de Imprensa para integrar a Comissão de Honra do Centenário. Uma honra porque a trajetória da ABI tem se pautado pelas mais significativas posições em prol da democracia, pela firmeza das colocações e pela permanente ética na sua condução. Assim, a comemoração dos 100 anos da Associação deverá ser saudada como um marco importante na luta pela liberdade.
         Abraço cordial (a) Ruy Ohtake.”
 
Sabino M. Barroso
                            Arquiteto/Rio de Janeiro, RJ
        
         “Prezado Maurício Azêdo,
 
         Recebi com prazer seu convite, em nome da ABI, para compor os quadros da Comissão de Honra do Centenário de sua pretigiada Casa, pelas comemorações do próximo ano de 2008.
         Comunico-lhe que aceito formalmente o honroso convite e apresento-lhe meus sinceros agradecimentos.
         Cordial abraço (a) Sabino M. Barroso.”
 
Sergio Rezende
                         Cineasta/Rio de Janeiro, RJ      
        
         “Prezado Maurício Azêdo
 
         Com muita honra, aceito o convite para fazer parte da Comissão de Honra formada para a comemoração do centenário da formidável Associação Brasileira de Imprensa.
         Cordialmente (a) Sergio Rezende.”

 Sívio Tendler
                     Cineasta, Rio, RJ

“Ilustre Mauricio Azêdo,

Consdero uma honra o convite para participar a seu lado e de tantos outros ilustres brasileiros na comemoração do centenário da nossa ABI. Agradeço o convite e desde já me coloco à disposição da comissão. 
Atenciosamente (a) Silvio Tendler.”

 
Tomie Ohtake
nbsp;                    Artista Plástica/São Paulo, SP
        
         “Senhor Presidente,
 
         A comemoração do centenário da fundação de uma entidade como a ABI-Associação Brasileira de Imprensa é motivo de grande orgulho para o País, tendo em vista a excepcional atuação que teve em prol da livre manifestação, condição fundamental para a democracia.
         Portanto, ser convidada para fazer parte da Comissão de Honra, além de se contituir numa surpresa, é uma generosidade muito grande, pois, apesar de hoje todos utilizarem o computador indiferentemente, o meu instrumento original é o pincel, não a caneta dos jornalistas.
         Quero dizer que aceito com toda a honra e agradeço fazer parte desta Comissão para a comemoração do centenário da ABI-Associação Brasileira de Imprensa.
         Atenciosamente (a) Tomie Ohtake.”
 
 
Vladimir Carvalho
                          Cineasta/Brasília, DF
        
         “Prezado Senhor,
 
         É com imensa satisfação que me dirijo ao dileto amigo para informar-lhe que recebi sua carta convidando-me para integrar a Comissão de Honra do Centenário da ABI, que se celebra no ano que vem, o que me faz sentir sumamente distinguido.
         Ao assentir na inclusão do meu modesto nome junto aos ilustres pares que compõem a Comissão, venho dizer-lhe que o seu convite me deixa honradíssimo, ainda mais por saber que estaremos conduzidos sob a presidência desse ilustríssimo brasileiro que é o mestre Oscar Niemeyer.
         Aproveito a oportunidade para  saudá-lo e parabenizá-lo, mais uma vez, pela forma digna, competente e operosa com que vem se desincumbido à frente dessa Casa, honra e glória da imprensa e da cultura brasileiras.
         Cordialmente (a) Vladimir Carvalho.”
 Walter Salles
                      Cineasta, Rio, RJ

“É com grande prazer que aceito participar da Comissão de Honra do Centenário da Associação Brasileira de Imprensa, que sempre defendeu e defende aquilo que nós temos de mais precioso, a liberdade de expressão, fomento imprescindível para o desenvolvimento de um país e para sua conscientização política e social. Os meus sinceros parabéns por este Centenário. (a) Walter Salles.”

 
 Zelito Viana
                         Cineasta/Rio de Janeiro, RJ
 
         “Prezado Mauricio,
 DIV>

         Desculpe o atraso da resposta mas eu estava fora do Rio. Agradeço honrado o convite e, se ainda estiver em tempo, aceito com prazer.
         Grande abraço (a) Zelito.”
 
 
 
 

                                                                                                                                                                                            

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012