28 de novembro de 2022


Declama na ABI apresenta o 25º sarau no próximo dia 24


15/08/2017


A Associação Brasileira de Imprensa anuncia a 25ª edição do projeto cultural Declama na ABI, que acontecerá no dia 24 de agosto, quinta-feira, a partir das 16 horas. Durante encontro o escritor Bruno Black estará lançando e autografando o livro de poesias Perdas e Ganhos.

O projeto, que está funcionando desde 2015, é coordenado pelo Conselheiro Carlos Rocha e pelo Diretor de Cultura e Lazer Jesus Chediak. O evento acontece todo fim do mês a partir das 16 horas, no 11º andar da entidade, que fica na Rua Araújo Porto Alegre, 71, Centro do Rio. A entrada é franca e todos  estão convidados a ouvir e declamar música e poesia.

Sobre o autor

O escritor Bruno Black

Um pouco desse artista, que leva a Zona Oeste consigo, por onde vai, levando seus versos e carisma.

“Eu tenho uma história! ” Em 1995, o seu melhor amigo de adolescência, o escritor Cleber Melo o convidou pra escrever o primeiro texto em poesia, e de lá pra cá, esse jovem começou a amar escrever. Em 1999, ele se tornou poeta por mérito próprio e a partir daí, não parou mais, prova disso são as realizações admiráveis desse jovem, que ainda se acha um aprendiz. Possui 6 Livros publicados: Perdas e Ganhos, Face a Face o que tu me diz?, Minha Cidadania Violada até quando?, Face a Face Eu Ser Palavra, Poético e Poetas Sem Nome (escrito em trio) e já saiu em mais de 30 antologias. Tem conquistado o povo com seu lema: “Se tens um dom, seja!”.

Participou de 9 Bienais Internacionais do Livro: 2006, 2008, 2014, 2016 em São Paulo; 2015 Volta Redonda e RJ e 2016 MG e Volta Redonda; Bienal do RJ . Feiras: Flir (Feira Literária de Valença) 2014, Feira Literária de Resende 2015 e 2016 e Salão Carioca do livro no Boulervad Olímpico do RJ, 2016. Ele tem alcançado tudo que todo poeta sonha. Em 2015, teve sua poesia, Minha voz…Meu Silêncio, exposta no lendário Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo e em 2017, Na Caixa Cultural da Bahia e sua poesia, “Beijo Roubado”, atraiu o olhar da grande Maria Bethânia e o fez conhecê-la pessoalmente. Se apresentou no Museu da República do Rio de Janeiro, no III Encontro de Poetas da Língua Portuguesa. Bruno Black, recebeu 3 prêmios por seus escritos. O Troféu Celebridade do Ano 2016, da maior Revista de Karaokê do Brasil, “Gvk Brasil” por Deigila Prates; Prêmio Personalidade 2016, em SP pela Luiza Moreira, da Editora Delicatta e Prêmio Excelência Literária 2016, em SP, por Anete Simões da ARLAC (Academia Rotária de Letras, Artes e Cultura), vinculada ao Rotary Club de Tubaté Oeste).

Faz parte dos autores da Flupp (Festa Literária das Periferias) de Ecio Salles e liderava em 2016 um dos Saraus mais conhecidos e pluralizados da Zona Oeste do RJ, “Os Descabelados”, idealizado por Bruno Black e Katia Pires Chagas, atraindo a presença do Jornal Extra e o Globo de tão simples e produtivo, esse modo de fazer arte, promovendo o DOM. Em 2017 retoma esse sucesso, criando seu próprio projeto de vida, o “Domdomdom”, que é seu grito de emancipação artística e pessoal no mais essencial lado poético de sua construção, “Gênese Cíclica”, conforme citação do escritor Bráulio Ribeiro sobre a contínua atuação de reinvenção criativa do mundo poético de Black.

O artista atraiu a atenção do público no quiosque da Rede Globo, no último sábado, durante o Sarau de Ideias, com seu jeito poético de ser. Outra descoberta foi seu tom de radialista na Rádio Revolução, no Programa “Os Descabelados”, dentro do Hospital Nise da Silveira, transmitido ao vivo, para mais de 20 países em 2016. O autor esse ano, também começou a produzir livros de novos poetas do RJ e SP e vem com novo livro, prometendo arrebatar corações e lavar a alma diante da dor e do amor. Black está sendo colocado, como um dos novos grandes produtores e empreendedores Culturais da Zona Oeste do Rio de Janeiro e em breve do país. Aguardem, em se tratando de Bruno Black, todo dia é uma nova emoção poética! Seja!

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012