Cuba prende 10 que cobriam o caos do furacão Matthew


20/10/2016


Imagem do site Periodismo de Barrio. Foto: Divulgação

Imagem da revista digital Periodismo de Barrio. Foto: Divulgação

 

O Blog Jornalismo nas Américas publicou que uma equipe de 10 jornalistas da revista digital cubana Periodismo de Barrio foi detida nos dias 11 e 12 de outubro, na província oriental de Guantánamo, onde haviam chegado para cobrir os efeitos do furacão Matthew, na cidade de Baracoa, na província oriental de Guantánamo.

Segundo o portal Cubanet, entre os jornalistas detidos, que trabalham para o Periodismo de Barrio, estava a fundadora e diretora da revista digital Elaine Díaz. Um familiar da jornalista, que entrou em contato com Cubanet, disse que os comunicadores detidos foram liberados e devem chegar nesta quinta-feira (20) à Havana.

Mesmo exercendo a função, os repórteres teriam sido detidos por não terem a credencial adequada. A jornalista Elaine Díaz contou que seu equipamento foi confiscado pela polícia e que tentou a autorização para chegar até ao local, mas o pedido foi negado.

Os jornalistas ficaram presos durante horas na cidade de Guantánamo para onde foram levados após a detenção em Baracoa.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012