8 de agosto de 2022


EBC estuda PDV e mudança de nome da emissora


04/09/2017


O Conselho Administrativo da EBC aprovou um programa de demissão voluntária (PDV) e estuda a unificação da TV Brasil com a TV NBR e a mudança do nome da emissora para Nacional. A meta da empresa é reduzir 500 pessoas do quadro de pessoal, principalmente funcionários aposentados com mais de 53 anos de idade. Com o PDV, a empresa perderá 25% da sua mão de obra, sem previsão de concursos públicos.

Segundo Gésio Passos, coordenador do Sindicato dos Jornalistas e empregado da empresa, pode haver um sucateamento da EBC. Para Edvaldo Cuaio, representante dos funcionários no Conselho Administrativo, a expectativa é de que no máximo 300 funcionários aceitem aderir ao programa. As informações foram publicadas em 23/8 no Correio Braziliense.

Procurada por este J&Cia, a Gerência de Comunicação da EBC confirmou a existência do estudo, orientado pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest) do Ministério do Planejamento.

Segundo a empresa, “a instituição do PDV responde a anseio antigo dos empregados da empresa, ao mesmo tempo em que atende ao objetivo da EBC de racionalizar e modernizar sua gestão”. Ela informou ainda que já foram feitas reuniões entre equipes da EBC e da Sest para avaliar diretrizes que deverão ser adotadas. E que não há, no entanto, prazo definido para a conclusão dos trabalhos. Quanto à fusão das emissoras, informou que “não existe unificação possível entre a TV Pública e a TV do Governo Federal. Ambas têm missões e objetivos distintos”.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012