1 de outubro de 2022


Condenação na China


03/07/2008


O jornalista chinês Sun Lin, conhecido como Jie Mu, foi condenado pelo Tribunal de Nanjing, na China, a quatro anos de prisão, sob acusação de posse ilegal de armas e desordem pública. Lin e sua mulher, He Fang — que foi absolvida no mesmo processo —, trabalham para o site Boxun, que tem sede nos EUA e produz conteúdo sobre a China, e estavam presos desde o dia 30 de maio. De acordo com seu advogado, Lin negou as acusações e contou que, além de questionar suas atividades jornalísticas, os policiais disseram que ele foi preso por se negar a deixar o Boxun. A ONG Repórteres Sem Fronteiras condenou a decisão judicial, afirmando que os dois jornalistas “foram presos após uma investigação marcada por alegações falsas e que diversas irregularidades permearam o julgamento”. Em nota, o site Boxun afirmou que Lin foi punido por sua atuação como jornalista.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012