4 de julho de 2022


Centro Knight da Universidade do Texas ensina a fazer transmissões ao vivo em curso gratuito


14/02/2022


Publicado no portal Media Talks.

O Centro Knight para o Jornalismo nas Américas, baseado na Universidade do Texas, oferece a partir de 14 de fevereiro um curso online gratuito sobre o uso do storytelling em transmissão de notícias ao vivo.

Podem participar jornalistas, líderes de redação e pessoas interessadas em transmitir eventos ao vivo em blogs, sites de notícias independentes ou de organizações não-governamentais e contas pessoais de mídia social.

Os participantes terão acesso dicas e insights sobre formatos de eventos virtuais, transformação de conteúdo de eventos com cobertura ao vivo e hospedagem de sessões importantes.

Curso de jornalismo tem instrutora do Wall Street Journal

O treinamento será ministrado por Kim Last, principal editora de eventos ao vivo e virtuais do The Wall Street Journal.

Last já liderou a programação e o desenvolvimento em eventos ao vivo da Vox Media, trabalhando com equipes da Recode e da Vox.com. Ela foi ainda editora sênior da Fast Company, lançando o primeiro Fast Company Innovation Festival.

Para ela, o jornalismo ao vivo já está incorporado às práticas da imprensa.

“Se você trabalha em uma redação, o jornalismo ao vivo está acontecendo ao seu redor.

Pense nos diálogos que você pode ouvir com um repórter ou editor afiado – o melhor do jornalismo acontece quando você tem um jornalista curioso e preparado fazendo perguntas inteligentes e ouvindo atentamente.

O jornalismo ao vivo traz essas mesmas conversas, as mesmas perguntas inteligentes, para um público ao vivo.”

A editora lembrou que com a pandemia, a ‘virada’ para eventos virtuais destacou a acessibilidade do vídeo.

“Em uma época em que as redações buscam aprofundar o engajamento do leitor, os eventos virtuais democratizaram o acesso e o alcance.

A era do conteúdo de eventos vivendo e morrendo em um auditório ficou no passado – eventos virtuais são uma maneira fácil de levar conteúdo para audiências online.” 

Para ela, o jornalismo ao vivo é uma ferramenta para expandir narrativas e mostrar uma história que vai além das palavras.

“Aconselho as redações a explorarem e experimentarem esse meio, porque ele pode tanto gerar cobertura de notícias como complementar áreas de cobertura”, acrescentou.

“Os eventos ao vivo também são um oportunidades para interagir com seus leitores, muito além dos comentários em uma reportagem digital.”

Neste vídeo ela fala sobre a importância das transmissões ao vivo e do conteúdo do curso.

 

 

 Jornalismo ao vivo é oportunidade de receita

Rosental Calmon Alves, jornalista brasileiro fundador e diretor do Centro Knight, destaca que o jornalismo ao vivo representa diferentes oportunidades.

“Essa tem sido uma das tendências mais importantes da indústria de notícias nos últimos anos, uma grande chance para os jornalistas expandirem seu trabalho de novas maneiras.

E também pode se tornar uma oportunidade para um fluxo de receita adicional para as organizações de notícias, o que é tão necessário nestes tempos”

Inscrições podem ser feitas aqui.

Curso de jornalismo em quatro módulos

O treinamento se estenderá por quatro semanas. O primeiro módulo abordará como aproveitar os formatos virtuais para seu público, incluindo o uso de vídeo, e como criar interações.

O módulo seguinte vai se concentrar na produção dos eventos de notícias. Uma discussão sobre padrões e ética também será desenvolvida nesta semana.

O módulo três envolve o que Last chama de “estender a conversa” além do evento. Ou seja, como fazer um plano de cobertura robusto, incluindo newsletters, vídeos e podcasts, além de distribuição de conteúdo.

O quarto e último módulo aborda o desempenho do repórter, ensinando métodos de preparação de entrevistas e sessões. A instrutora ensinará também como perder o medo da câmera.

MOOC assíncrono

O programa é composto por aulas em vídeo com Last, apresentações, leituras e fóruns de discussão. A cada semana será preciso responder um questionário sobre os conhecimentos adquiridos.

Assim como outros cursos do Centro Knight, o curso é oferecido no formato Massive Open Online Course (MOOC), e também é assíncrono, permitindo que cada aluno realize as atividades nos dias e horários mais convenientes.

Entretanto, existe uma recomendação de prazos para que todos consigam acompanhar as atividades corretamente.

O curso é gratuito e oferece certificado mediante o pagamento de uma taxa. Os questionários semanais e a participação semanal nos fóruns de discussão são requisitos básicos para a obtenção do certificado.

Leia também: Treinamento gratuito para quem escreve sobre ciência vira curso autodirigido na plataforma do Centro Knight

Leia também: Scrollytelling pode ser a saída para jornalismo reengajar público

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012