12 de agosto de 2022


Bolsonaro: entrevista nos EUA gera polêmica no Brasil


20/03/2019


Presidente da República Jair Bolsonaro concede entrevista para Shannon Bream, apresentadora da Fox News. Foto: Alan Santos/Presidência da República

A entrevista que o presidente Jair Bolsonaro concedeu à Fox News nesta terça-feira (19) teve grande repercussão na mídia brasileira. À emissora americana, o governante falou sobre assuntos que geraram polêmicas antes mesmo de seu encontro à tarde com o presidente americano Donald Trump.

Durante a entrevista, Bolsonaro destacou o alinhamento dos governos do Brasil e dos Estados Unidos em relação à crise venezuelana. “Hoje temos nova ideologia e queremos que a Venezuela volte à democracia”, declarou.

O presidente afirmou também apoiar a ideia de Trump de construir um muro separando os EUA do México. “A maioria dos imigrantes não tem boas intenções”, disse.

Questionado sobre os assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e de seu motorista Anderson Gomes, Bolsonaro disse que não conhecia o sargento reformado Ronnie Lessa, apontado como um dos assassinos. A polêmica do golden shower e do vídeo pornográfico compartilhado no Twitter durante o Carnaval também foi lembrada pela entrevistadora Shannon Bream. O presidente brasileiro disse ter sido eleito por sua franqueza e por defender a família.

Suas declarações repercutiram na imprensa nacional. O site G1 enfatizou a questão venezuelana: “Queremos que a Venezuela volte à democracia”, diz Bolsonaro a TV dos EUA”.

“Deus, PT, mercado e piada com homofobia: a 1ª fala de Bolsonaro nos EUA”, chamou o UOL. O jornal carioca Extra destacou a questão sobre Marielle: “Bolsonaro nega acusações de laços com suspeito por caso Marielle em entrevista nos EUA”.

A Folha ressaltou a declaração do presidente sobre os imigrantes: “Bolsonaro diz que maioria de imigrantes não tem boas intenções e que apoia muro de Trump”. O tema foi o mesmo no Estadão: “Em entrevista à Fox News, Bolsonaro diz que maioria dos imigrantes não tem boas intenções”.

O site infomoney foi outro a destacar o caso Marielle. “Em entrevista à Fox News, Bolsonaro nega relação com milícias e diz que admira Trump”. O Zero Hora ressaltou o muro, Marielle e milícias: “A TV americana, Bolsonaro elogia muro de Trump e fala sobre Marielle e milícias”.

Já o jornal O Globo chamou atenção para a pauta da entrevista: “Favorita de Trump, Fox News fez perguntas incômodas a Bolsonaro nos EUA”.

Primeiro encontro

À tarde, Bolsonaro se reuniu com Donald Trump na Casa Branca. O tema Venezuela voltou à pauta e o americano afirmou que “a opção militar está sempre sobre a mesa”. Trump declarou apoiar a entrada do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).  O presidente americano, porém, foi evasivo ao ser questionado sobre uma possível reciprocidade à decisão de Bolsonaro de acabar com a exigência de visto para americanos virem ao Brasil e sobre o acordo da Base Espacial de Alcântara.

Os dois governantes trocaram camisas de futebol durante o encontro. Bolsonaro recebeu uma dos Estados Unidos com seu nome nas costas e entregou uma da seleção brasileira com Trump gravado.

Fonte: Portal Imprensa

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012