11 de agosto de 2022


ABI protesta contra censura do Youtube


26/12/2020



O YouTube retirou do ar o canal “Papo de Mãe”, de Mariana Kotscho, contendo cinco vídeos com trechos de audiências em que, na Vara de Família de São Paulo, o juiz Rodrigo de Azevedo Costa afirma que não se importava com a Lei Maria da Penha.

Dentre outras coisas, disse ainda o juiz:

“Uma coisa eu aprendi na vida de juiz: ninguém agride ninguém de graça.” “Qualquer coisinha vira Lei Maria da Penha. É muito chato”. “Ele pode ser um figo podre, mas foi uma escolha sua e você não tem mais 12 anos”.

O site Uol aceitou veicular os vídeos agora censurados, mas o trabalho de 11 anos de Mariana, com mais de mil matérias, está de posse do YouTube e nem mesmo a autora está tendo acesso a ele.

A Corregedoria do Tribuna de Justiça de São Paulo está apurando os fatos aqui relatados.

A ABI se solidariza com Mariana, lembra que a Constituição não permite censura e informa que envidará todos os esforços para pôr fim a este atentado à democracia e à liberdade de expressão.

A ABI vai entrar em contato com o presidente da Google no Brasil, que controla o YouTube, para protestar contra a censura e o arresto das demais matérias de Mariana.

Mais detalhes podem ser conhecidos no site Uol.

 

Paulo Jeronimo

Presidente da ABI

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012