ABI convida todos para
Marcha pela Vida


08/06/2020


Participe da Marcha Virtual pela Vida no dia 9 de junho!

Frente pela Vida, movimento que reúne entidades da sociedade civil, convida a todos para o Dia “V”, em defesa da vida, da saúde e do SUS, da solidariedade, do meio ambiente, da democracia, da ciência e da educação. Confira a programação e veja como fazer parte!

A Frente pela Vida, movimento que reúne entidades de diversos setores da sociedade civil, realiza no dia 9 de junho a Marcha Virtual pela Vida. Com atividades transmitidas pelas redes sociais ao longo do dia, o objetivo é chamar a atenção dos brasileiros para o fortalecimento dos valores fundamentais para que a sociedade brasileira tenha condições de enfrentar a pandemia de coronavírus: a vida, a saúde e o SUS, a solidariedade, a preservação do meio ambiente, a democracia, a ciência e a educação.

As entidades convidam todos a participarem da Marcha Virtual pela Vida, o Dia “V”, que contará com atividades locais e regionais de entidades, instituições e organizações de todos os setores na parte da manhã, e debates virtuais de âmbito nacional, na parte da tarde, com a participação de cientistas, personalidades, gestores públicos e artistas.

Além dos debates online, as entidades promoverão um tuitaço no dia, das 12h às 13h, com a hashtag #MarchaPelaVida.

Às 16h será realizado um ato político com a apresentação dos pontos essenciais defendidos no documento da Frente Pela Vida endereçada a parlamentares.

A manifestação se encerra com apresentações culturais online transmitidas das 18h às 19h.

Os participantes da Marcha Virtual pela Vida também poderão mostrar na internet onde estão se manifestando em tempo real através do aplicativo Manif.app, ferramenta criada na França e que já vem sendo utilizada no País para manifestações em tempos de coronavírus. Muito simples de navegar, o aplicativo permitirá que as pessoas mostrem seu apoio à manifestação por meio de um avatar, obedecendo as recomendações da OMS de distanciamento social para evitar a disseminação da covid-19.

VEJA A PROGRAMAÇÃO DA MARCHA VIRTUAL PELA VIDA:

Manhã – até 12h: Atividades organizadas pelas entidades e movimentos, como

webninars, e mobilizações nas suas próprias redes sociais

12h-13h: Tuitaço com a hashtag #MarchaPelaVida

12h: Manifestação virtual em Brasília, com avatares (Manif.app)

13h-15h: Painel online de depoimentos de pessoas de todos os setores sociais

em torno dos 6 eixos da Declaração “Marcha pela Vida”;

16h: Ato político de apresentação pública dos pontos essenciais da Marcha;

18h-19h: Programação cultural

Como participar

Além do tuitaço e da manifestação virtual com avatares, todas as sociedades, associações, organizações e entidades da sociedade civil, bem como todos os setores e movimentos sociais, poderão organizar atividades associadas ao tema VIDA e em conexão com os pontos centrais do documento-base, a declaração Marcha pela Vida no período da manhã do dia 9 de junho.
As entidades poderão fazer a adesão à Marcha no site oficial da Marcha www.marchavirtualpelavida.org.br.
Também convidamos todos a fortalecerem o evento da Marcha Virtual pela Vida no Facebook e postarem postarem vídeos curtos com declarações sobre a importância de aderir à Marcha Pela Vida ao longo desta semana em suas próprias redes sociais, assinalando a #MarchaPelaVida

A Marcha Pela Vida é de todos nós!

Sobre a Frente pela Vida A Frente pela Vida é conduzida pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Conselho Nacional de Saúde (CNS), Centro Brasileiro de Estudos da Saúde (Cebes), Sociedade Brasileira de Bioética (SBB), Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e Rede Unida. O movimento é baseado em seis pilares, que estão expressos em uma declaração divulgada na última sexta-feira, 29 de maio. São eles:

O direito à vida é o bem mais relevante e inalienável da pessoa humana, sem distinção de qualquer natureza

  • As medidas de prevenção e controle no enfrentamento da pandemia da COVID-19 devem ser estabelecidas com base científica e rigorosamente seguidas a partir de planejamento articulado entre os governos federal, estadual e municipal;
  • O Sistema Único de Saúde – SUS é instrumento essencial para preservar vidas, garantindo, com equidade, acesso universal e integral à saúde;
  • A solidariedade, em especial para com os grupos mais vulneráveis da população, é um princípio primordial para uma sociedade mais justa, sustentável e fraterna;
  • É imprescindível para a vida no Planeta a preservação do meio ambiente e da biodiversidade, garantindo a todos uma vida ecologicamente equilibrada e sustentável;
  • A democracia e o respeito à Constituição são fundamentais para assegurar os direitos individuais e sociais, bem como para proporcionar condições dignas de vida para todas e todos os brasileiros.

Acompanhe vídeos, notícias e baixe os materiais e some-se à Marcha!

Site Oficial:

http://www.marchavirtualpelavida.org.br/

Sites das entidades organizadoras:

ABI – http://www.abi.org.br/

Abrasco –  https://www.abrasco.org.br/site/

Andifes – http://www.andifes.org.br/

Cebes –  http://cebes.org.br/

CNBB – https://www.cnbb.org.br/

CNS – http://conselho.saude.gov.br/

SBB – http://www.sbbioetica.org.br/

Rede Unida – http://www.redeunida.org.br/

 

Contatos para Imprensa Vivian Costa – vivian@sbpcnet.org.br – (11) 98583-4176 Laura Fernandes – lauraf@saude.gov.br – (61) 99671-1485 Bruno C. Dias – comunica@abrasco.org.br – (21) 9857

ABI convida para a marcha

Saiba como participar da Marcha Virtual pela Vida – Dia 9 de junho*

 

*1. INSCREVA SUA ENTIDADE*.

Acesse *https://marchavirtualpelavida.org.br/*, preencha o nome da entidade/movimento, sigla, responsável e email. Clique em Participar.

*2. ORGANIZE ATIVIDADES NAS REDES SOCIAIS*

No período da manhã, organize uma atividade virtual em suas redes sociais. Pode ser uma live, publicação de vídeos, matérias, depoimentos ou qualquer outra atividade que esteja relacionada aos pontos centrais deste movimento. Utilize as hashtags #MarchaPelaVida #FrentePelaVida

Por favor, informe o CNS sobre a atividade, no e-mail cns@saude.gov.br

*3. DIVULGUE*

Divulgue o site, a programação e todas as artes da Marcha pela Vida em suas redes sociais. Acesse tudo neste endereço https://drive.google.com/drive/folders/1mLaZleiGn-1gLXpSDO6pWfYWXXRKYGUE

*4. PARTICIPE DO TUITAÇO ÀS 12:00, DIA 9/6*

Ao meio dia, acesse sua conta no Twitter e publique qualquer manifestação relacionada à marcha pela vida com as hashtags #MarchaPelaVida #FrentePelaVida

*5. MARQUE SUA MANIFESTAÇÃO NO MAPA*

Você pode utilizar o aplicativo Manif.app para apontar de qual lugar do país está se manifestando em tempo real. Para isso digite Manif.app em seu navegador de internet, escolha seu slogan (nome como quer aparecer no mapa) e clique em Manifeste-se. Depois é só arrastar o bonequinho para o mapa, em sua região.

*6. DIVULGUE O RELEASE*

Divulgue o release do Conselho Nacional de Saúde em suas redes sociais. Acesse em http://conselho.saude.gov.br/ultimas-noticias-cns/1210-cns-e-outras-instituicoes-convocam-entidades-para-marcha-virtual-pela-vida-no-dia-9-de-junho

*7. CRIE SEUS MATERIAIS*

Crie o seu próprio release e card sobre a Marcha pela Vida e encaminhe para o email comunicacns@gmail.com, para a Assessoria de Comunicação do CNS divulgar também.

*8. UTILIZE O BANNER DA MARCHA*

Troque o banner do site e a capa do facebook da sua entidade pelo banner da Marcha pela Vida. Disponível em: https://drive.google.com/drive/folders/1mLaZleiGn-1gLXpSDO6pWfYWXXRKYGUE

*9. EVENTO NO FACEBOOK*

Confirme presença no evento da Marcha pela Vida no Facebook, no seguinte endereço: https://www.facebook.com/events/705016303633833/

*10. GRAVE VÍDEOS*

Grave vídeos de no máximo 2 minutos, publique em suas redes sociais com a hashtag #MarchaPelaVida e #FrentePelaVida e encaminhe para o CNS no whatsapp (61) 99671-1485.

*Acesse o site do CNS*

www.conselho.saude.gov.br

*Acesse a playlist de vídeos da Marcha pela Vida*

https://www.youtube.com/watch?v=WUlcNl-jgAA&list=PLHJnXqt42XX5CuuFUF3HH24hTzBtnw2VO

 

Abaixo, a carta do Presidente da ABI, Paulo Jeronimo, sobre o papel fundamental do Sistema Único de Saúde (SUS) para a preservação da vida e direitos fundamentais do cidadão

Devemos muito ao SUS

Nós jornalistas nutrimos um carinho especial pela Constituição de 1988. Ela resgatou a Liberdade de Imprensa. Algo intangível, mas determinante para o exercício do nosso ofício. Este, contudo, não é o maior feito desta Carta. Chama-se: Sistema Nacional de Saúde – SUS – o seu grande legado.

O SUS inaugurou no Brasil uma nova ordem na saúde pública. Apoiado nos princípios da universalidade e de igualdade que garantem atendimento integral e gratuito aos cidadãos brasileiros, este sim é um dos frutos tangíveis gerado pela Constituição de 88.

Apesar de ser constantemente vilipendiado pelos governantes federais, estaduais e municipais, o SUS tem sido estratégico, ao longo desses 32 anos. Graças a iniciativas como o Programa de Saúde da Família, focado na promoção e a atenção à saúde básica, os brasileiros de menor poder aquisitivos – aqueles que não ganham para pagar um plano de saúde – têm conseguido sobreviver.

É difícil imaginar o que seria do Brasil neste momento em que uma pandemia devastadora ceifa vidas aos milhares todos os dias, se não tivéssemos o SUS. É importante ressaltar também que as centenas de milhares daqueles que se salvaram do vírus, devem muito ao atendimento médico que receberam na rede pública de hospitais.

Mas a história do SUS é penosa. Governo após governo cortam verbas e contingenciam recursos. No entanto, o SUS resiste.

No começo deste governo, tentou-se enfraquecer o SUS por pressão dos planos de saúde e da iniciativa privada. Devido à forte reação, o governo recuou.

O Brasil enfrenta hoje um verdadeiro caos na saúde. Em um mês caíram dois Ministros. E até hoje o Ministério está acéfalo. Colocaram lá um general cuja principal obra até agora foi escamotear as estatísticas de contágio e morte provocados pelo Covid-19.

Já está demonstrado aqui e lá fora que sistemas privados de saúde não têm fôlego para se defrontar com tamanha emergência.

Reforçar, ampliar e dar mais eficiência ao SUS é a tarefa básica de quem está preocupado com a proteção dos brasileiros e, consequentemente, com a retomada do crescimento da economia deste País. Uma nação sem saúde não vai a lugar algum.

O governo que aí está desprezou o SUS. Não será essa gente que irá se ocupar de ampliá-lo e fortalecê-lo. Por isso, a associação que eu presido entende que teremos que retirá-lo do poder. Lutamos para vê-lo fora do Palácio do Planalto.  A construção do porvir da pandemia não passa por governantes destituídos de inteligência e de compromisso público.

Para finalizar: quero deixar aqui o reconhecimento categoria que represento ao trabalho incansável e heroico dos profissionais de saúde que servem ao SUS. O Brasil deve muito a vocês!

Paulo Jeronimo de Sousa 

Presidente da ABI

 

Presidente da ABI, Paulo Jeronimo, fala sobre a marcha pela vida

A Diretoria decidiu reabrir o prédio da ABI das 9h às 17h, apenas com serviço de portaria, ascensoristas e funcionários da limpeza, seguindo protocolos mínimos:

– Uso de máscaras;
– Termômetro digital para medir a temperatura dos usuários do prédio;
– Distanciamento de 1,5 metros na portaria entre as pessoas para subir no elevador;
– Os elevadores só poderão levar no máximo 2 pessoas e levarão passageiros do 4° ao 8° andar, o acesso ao 2° e 3° andar será feito pelas escadas;
– Os elevadores terão um recipiente de álcool gel para ser utilizado e serão desinfetados a cada 2 horas ;
– Não poderá haver aglomeração em nenhum andar.

Antero Luiz Martins da Cunha
Diretor Administrativo