Violência no Bahrain


13/04/2012


A ONG Repórteres Sem Fronteiras (RSF) está lançando uma campanha em defesa dos jornalistas que atuam no Bahrain. De acordo com a Bahrain Press Association, com sede em Londres, foram registrados no país mais de 140 casos de detenção, tortura e demissões de jornalistas desde fevereiro de 2011, início dos protestos conhecidos como Primavera Árabe.
 
Há relatos de campanhas de difamação de ativistas dos direitos humanos, especialmente blogueiros. Segundo a Bahrain Press Association, a censura está avançando na rede com o objetivo de bloquear a comunicação e impedir as manifestações de rua contra o governo do rei Hamad bin Isa Al-Khalifa.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012