Violência em Israel


19/07/2010


A Associação de Imprensa Estrangeira em Israel (FPA), que representa cerca de 400 jornalistas que trabalham em Israel e nos territórios palestinos para jornais, rádios, televisões, revistas e agências de notícias estrangeiras, denunciou neste sábado, dia 17, a postura violenta das forças de segurança israelenses contra jornalistas que cobrem a região palestina ocupada da Cisjordânia. Em comunicado, a FPA informou que “nos últimos meses, os jornalistas foram assediados, detidos e atacados. A Associação exigiu que as autoridades israelenses “lembrem que a cobertura de notícias livre de obstáculos é amplamente reconhecida como parte da essência da democracia, e que isso não inclui golpear o rosto de um fotógrafo credenciado ou lançar granada de efeito moral contra a cabeça de um outro”.
 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012