4 de outubro de 2022

jornalistas mortos


10/01/2014

Relatório da CPJ aponta os lugares mais perigosos para jornalistas

Números são referentes ao período de 1992 até 2013, e colocam o Brasil como um dos países que apresentam o maior risco de morte aos jornalistas. Nas duas últimas décadas, 27 profissionais foram assassinados no País.

03/01/2014

IFJ repudia primeira morte de jornalista em 2014

Federação Internacional de Jornalistas manifestou seu repúdio pela morte do primeiro jornalista assassinado em 2014, no Paquistão. No Egito, jornalistas da Al Jazeera permanecem detidos desde 30 de dezembro, acusados de pertencer a um grupo terrorista.

02/01/2014

IFJ: 2013 registra queda de 10% no número de jornalistas mortos

Segundo Federação Internacional de Jornalistas, foram contabilizados no ano pelo menos 108 mortes de profissionais de imprensa no mundo. Apesar da ligeira queda, organização acredita que o número continua muito elevado e pede aos governos que tentem colocar fim à impunidade.

14/08/2013

Massacre no Egito

Dois jornalistas são mortos durante massacre no Cairo, capital do Egito

O cinegrafista Mick Deane, e a repórter Habiba Ahmed Abd Elaziz, foram mortos nesta quarta-feira, dia 14, durante a violenta remoção de dois acampamentos de apoiadores do presidente deposto Mohammed Mursi.


Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012