SIP repudia crimecontra jornalista


19/09/2011


A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) repudiou o assassinato do jornalista Vanderlei Canuto Leandro, quinto jornalista morto no Brasil em 2011, e exigiu que as autoridades investiguem rapidamente o caso.
 
“Estamos consternados pelo assassinato de outro jornalista no interior deste País, o que reflete a vulnerabilidade e falta de proteção dos comunicadores, que pertencem a meios de imprensa pequenos e afastados das grandes cidades”, declarou Gonzalo Marroquín, Presidente da SIP. 
Os jornalistas Auro Ida, do Mato Grosso; Edinaldo Filgueira, do Rio Grande do Norte; Valério Nascimento, do Rio de Janeiro; e Luciano Leitão Pedrosa, de Pernambuco, também foram assassinados em 2011. Na América Latina, 26 jornalistas foram mortos desde janeiro deste ano.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012