Mostra de Cinema Zumbi dos Palmares homenageia Ruth de Souza


16/11/2016


foto-ruth

A atriz Ruth de Souza

Foi inaugurada na última quarta (16) a Mostra de Cinema e Vídeo Zumbi dos Palmares. O projeto é uma iniciativa cultural resultante da parceria entre o Renascença Clube, Cinemateca do MAM, Acervo Cultne e a Benguelê Comunicação e Design, que deverá ser apresentada, anualmente, durante as celebrações da Semana Nacional da Consciência Negra, no mês de novembro.

A abertura do evento, somente para convidados, terá uma homenagem à atriz Ruth de Souza, que este ano completou 95 anos de idade e cuja primeira aparição no cinema se deu em 1948, no filme “Terra violenta”, por indicação de Jorge Amado. Outras grandes personalidades do cinema nacional, como Antonio Pitanga e Léa Garcia também serão homenageados durante o evento, que acontece na Cinemateca do MAM, entre os dias 17 e 18 de novembro; e no Renascença Clube, no dia 19, com sessões de filmes e mesas de debates sobre o negro no cinema (ver programação abaixo).

“A mostra é uma boa oportunidade para fortalecer o debate sobre a contribuição do negro para o cinema nacional. Além disso, vai facilitar alguns realizadores negros ultrapassarem fronteiras que lhes permitirão resolver dilemas relacionados ao acesso às fontes de pesquisa”, disse José Reinaldo um dos responsáveis pelo projeto.

A Mostra de Cinema e Vídeo Zumbi dos Palmares em sua primeira edição não terá caráter competitivo. Trata-se de uma iniciativa cultural, que pretende apresentar um panorama da produção de cinema e vídeo no Brasil de artistas, estudantes universitários, dentre outros realizadores, que ressalta a contribuição dos negros para a arte fílmica no Brasil.

Além de fomentar um debate sobre como o negro se insere na indústria cinematográfica em nosso país, o projeto tem como um dos seus principais objetivos apresentar ao público, por meio do cinema, um painel da pluralidade cultural da população negra, para além das contribuições de caráter linguístico, religioso e musical que marcam a produção artística dos descendentes de africanos no Brasil.

PROGRAMAÇÃO

16 de novembro de 2016, quarta-feira
Local: Cinemateca do MAM
Horário: 19h
Solenidade de Abertura/ coquetel
Filme: “Em quadro – A história de quatro negros nas telas” (Antônio Pilar) – 93min
Homenagem especial
• Ruth de Souza

17 de novembro de 2016, quinta-feira
Local: Cinemateca do MAM
Filmes de curta metragem
Horário: 17h
• “Kbela” (Yasmim Thainá) – 23min
• “Rainha” (Sabrina Fidalgo) – 15min
• “Lápis de Cor” (Larissa Fulana de Tal) – 14min

Filme longa-metragem
Horário: 19h
• “Anjo de chocolate” (Clementino Júnior) – 1h25min
Mesa: Gênero e raça: mulheres negras no cinema
• Janaína Oliveira
• Yasmin Thayná
• Sabrina Fidalgo
• Lica Oliveira (mediadora)

18 de novembro de 2016, sexta-feira
Local: Cinemateca do MAM
Horário: 17h
Filmes de curta metragem
• “Afro Memória” (Filó Filho) – 17min
• “Marcha das Mulheres Negras 2015” (Acervo Cultne) – 26min

Filme longa-metragem
Horário: 19h
• “Na boca do mundo” (Antonio Pitanga) – 1h40min
Mesa: O negro no cinema: os caminhos da profissionalização
• Antonio Pitanga
• Adélia Sampaio
• Antonio Pilar
• Isidoro Cruz Neto
• Rafael dos Santos (mediador)

19 de novembro de 2016, sábado
Local: Renascença Clube
Filmes de curta metragem
• “Mãe Meninazinha de Oxum” (Filó Filho) – 26min
• “Jurema” (Clementino Júnior) – 16min

Mesa: O negro no cinema: religião e ancestralidade

  • Helena Theodoro (mediadora)
    • Ivanir dos Santos
    • Rubem Confete

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012