Publicação alemã proibida no Egito


02/04/2008


O Egito ordenou nesta terça-feira, dia 2, a apreensão de uma edição especial da revista alemã Der Spiegel, por considerar que a publicação insulta o Islã e Maomé. Publicado no dia 25 de março, o número sobre o islamismo anuncia na capa “Alá no Ocidente — O Islã na Alemanha”. De acordo com o jornal Al Gomhuriya, o Ministro da Informação, Anas El Feqi, tomou a decisão com o objetivo de “defender os valores islâmicos e atuar contra quem tentar ofender o Profeta, a religião muçulmana e as religiões em geral”. Em fevereiro, o Egito proibiu a venda de quatro jornais estrangeiros por divulgarem charges de Maomé: os alemães Frankfurter Allgemeine Zeitung e Die Welt, o britânico The Observer e o norte-americano Wall Street Journal.     

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012