Prisões em Israel


12/02/2009


O jornalista Ata Farhat e Youssef Shams, cidadãos druzos, membros de uma comunidade religiosa autônoma originária do Oriente Médio, foram condenados pela Justiça israelense a três e quatro anos de prisão, respectivamente, por espionagem. Eles estavam presos desde 2007, sob a acusação de fornecer informações a militares da Síria durante o conflito entre o Exército israelense e o grupo Hisbolá, em 2006. Ambos negaram as acusações.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012