Presos seqüestradores de jornalistas no México


05/08/2010


O Ministério de Segurança Pública do México anunciou nesta quinta-feira, dia 5, a prisão de três integrantes do grupo que sequestrou quatro jornalistas no último dia 26, na cidade de Torreón, estado de Coahuila, ao norte do país.
Foram presos Jesús Antonio Villa Nevarez, Gilberto Cervantes Pinto, conhecido como “El Gil”, e Óscar Manuel Gutiérrez Gómez, que pertenceriam ao Cartel do Pacífico, segundo as informações oficiais.

O objetivo do seqüestro era exigir dos veículos de comunicação a exibição de vídeos que denunciavam a corrupção entre policiais locais.

Na última quarta-feira, dia 4, a Comissão Estatal de Direitos Humanos (CEDH) de Chihuahua, na fronteira com os Estados Unidos, anunciou medidas para proteger os jornalistas na região, entre elas, a sugestão para que repórteres utilizem coletes à prova de bala e capacetes em coberturas de fatos vinculados ao narcotráfico.

 
Os jornalistas Jaime Canales, repórter da TV Milenio, e Alejandro Hernández, cinegrafista da Televisa, foram libertados em uma operação policial, no último sábado, 31. Héctor Gordoa, repórter da Televisa, foi solto na quinta-feira, dia 29, e Oscar Solís, do jornal El Vespertino também foi libertado no sábado, 31.
 
*Com informações da Agência Ansa.
 
 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012