Preso último suspeito de morte de jornalista no TO


23/11/2016


mateusA Polícia Civil do Tocantins, com apoio da corporação goiana, prendeu, na última terça-feira (22/11), o quinto suspeito de envolvimento na morte do jornalista Mateus Júnior, ocorrida em setembro deste ano.

De acordo com o G1, Ronie Von Pereira da Silva, de 20 anos, era o único ainda foragido pelo crime. Ele foi encontrado em sua casa, no Setor Crimeia Oeste. Outras cinco pessoas também foram presas no local, mas não possuem ligação com a morte do jornalista.

A polícia informou que elas foram detidas por porte ilegal de arma. O grupo portava duas pistolas, sendo uma de calibre restrito. Um dos presos também era foragido da Justiça de Tocantins.

Mateus Júnior desapareceu em 3 de setembro, depois de ser visto em um bar, em Palmas (TO). A polícia encontrou a casa da vítima revirada. Quatro dias mais tarde, o corpo foi localizado em uma estrada próximo a Lajeado (TO).

Quatro jovens já haviam sido presos pelo crime. Em depoimento, um deles relatou que a intenção era roubar o jornalista. Segundo ele, Matheus foi amarrado no quarto e, em seguida, jogado no porta-malas do próprio carro. Depois de matar o profissional e jogar o corpo em uma estrada de terra, o grupo fugiu com o carro, roupas e relógios.

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012