Prêmio Esso anuncia os vencedores da edição 2014


12/11/2014


Momento em que o cinegrafista Santiago Andrade é atingido por explosivo (Foto: Domingos Peixoto/O Globo)

O cinegrafista Santiago Andrade sendo atingido por explosivo (Fotos: Domingos Peixoto/O Globo)

Os vencedores da 59ª edição do Prêmio Esso de Jornalismo foram divulgados nesta quarta-feira, dia 12. A cerimônia de premiação será realizada no dia 2 de dezembro, no Rio de Janeiro. As comissões julgadoras reuniram 85 profissionais de comunicação, que selecionaram finalistas e vencedores entre 1.047 trabalhos inscritos.

O jornalista Leonencio Nossa conquistou o prêmio principal com a matéria “Sangue Político”, publicada no jornal Estado de S. Paulo. A reportagem, que exigiu 17 meses de apuração e visitas a 35 cidades, revelou que 1.133 pessoas foram assassinadas por motivos políticos no Brasil desde a promulgação da Lei da Anistia, em 1979.

Além do prêmio principal, foram contemplados outros 13 trabalhos, incluindo os prêmios Esso de Reportagem, Fotografia, Telejornalismo e dez premiações de categorias. Distinções especiais foram concedidas à revista Piauí, como Melhor Contribuição à Imprensa, e à equipe da Rede de TV Bandeirantes pela matéria “Vila Socó – A verdade apagada”, classificada como Melhor Contribuição ao Telejornalismo.

Desde 1955, ano da criação do prêmio, foram inscritos mais de 31 mil trabalhos jornalísticos. Dividido em diversas categorias, o conjunto de premiações é concedido aos melhores trabalhos publicados anualmente a partir da avaliação de comissões de julgamento que reúnem jornalistas e demais profissionais de comunicação.

Atualmente, para a mídia impressa estão destinadas 11 categorias, além do Prêmio Esso de Reportagem e o prêmio principal, que leva o nome do programa, e o Prêmio Esso de Telejornalismo.

Os jornalistas Adriana Barsotti, Gilberto Menezes Côrtes, Oscar Pilagallo, Paulo Sotero e Thales Guaracy avaliaram os trabalhos de Mídia Impressa, à exceção da categoria Fotografia, e as categorias Prêmio Esso de Reportagem e Prêmio Esso de Jornalismo 2014. As reportagens de TV foram analisadas pelos jornalistas Geraldo Mainenti, Henrique Lago e Theresa Walcacer. Uma comissão formada por 48 editores de fotografia e representantes de associações de fotógrafos profissionais selecionou o material inscrito na categoria Prêmio Esso de Fotografia.

Vencedores

O Prêmio Esso de Telejornalismo foi concedido à equipe da TV Bandeirantes pela série de reportagens intitulada “O avanço da maconha”. O trabalho objetivou dar maior esclarecimento sobre os diversos usos da erva. A equipe percorreu três países – Brasil, Uruguai e Estados Unidos, entrevistando usuários, traficantes, políticos, especialistas da área de saúde e pacientes, que falaram sobre o uso compassivo e terapêutico da substância, cada dia mais disseminado e aceito.

O Prêmio Esso de Reportagem foi conquistado pelos jornalistas Vinicius Jorge Sassine, José Casado, Danielle Nogueira e Eduardo Bresciani, com o trabalho “Farra de aditivos na refinaria Abreu e Lima”, publicado no jornal O Globo. A série de reportagens revelou como o empreendimento tornou-se um dos mais onerosos aos cofres públicos, a partir de uma série de termos aditivos aos contratos com as empreiteiras responsáveis pela obra.

O Prêmio Esso de Fotografia coube ao repórter fotográfico Domingos Peixoto, do jornal O Globo, que registrou o momento em que Santiago Andrade, cinegrafista da TV Bandeirantes, foi atingido por um explosivo lançado por manifestantes durante um protesto realizado no Centro do Rio de Janeiro.

— Eu tinha que estar ali. Digo isto porque eu já havia enviado para a redação várias fotos da manifestação, mas decidi ficar até o fim do protesto. Acabei sendo o único a registrar a tragédia que provocou a morte de um companheiro, o Santiago, e resultou na prisão de jovens que, tenho certeza, estão morrendo aos poucos, disse Domingos Peixoto.

Leia abaixo a lista completa dos vencedores:

PRÊMIO ESSO DE JORNALISMO 2014
Diploma e R$ 30.000,00

Leonencio Nossa, com o trabalho “SANGUE POLÍTICO”, publicado no ESTADO DE  S. PAULO.

PRÊMIO ESSO DE TELEJORNALISMO 2014
Diploma e R$ 20.000,00

Fábio Pannunzio, Victor Sá, Anísio Barros, Denis Romani, Alziro Oliveira, Fernanda Chamlian, André Pereira, Fábio Nikolaus, Raphael Cadamuro e Diego Costa, com o trabalho “O AVANÇO DA MACONHA”, veiculado na REDE BANDEIRANTES.

PRÊMIO ESSO DE REPORTAGEM
Diploma e R$ 10.000,00

Vinicius Jorge Sassine, José Casado, Danielle Nogueira e Eduardo Bresciani, com o trabalho “FARRA DE ADITIVOS NA REFINARIA ABREU E LIMA”, publicado no GLOBO.

PRÊMIO ESSO DE FOTOGRAFIA
Diploma e R$ 10.000,00

Domingos Peixoto, com a sequência de fotos intitulada “CRIME À LIBERDADE DE IMPRENSA”, publicada no jornal O GLOBO.

PRÊMIO ESSO DE INFORMAÇÃO ECONÔMICA
Diploma e R$ 5.000,00

Vicente Nunes, Antonio Temóteo, Celia Perrone, Deco Bancillon, Diego Amorim, Luiz Ribeiro, Nívea Ribeiro, Rodolfo Costa, Rosana Hessel, Paulo Silva Pinto, Simone Kafruni e Vera Batista, com o trabalho “VINTE ANOS DO REAL”, publicado no CORREIO BRAZILIENSE.

PRÊMIO ESSO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA, TECNOLÓGICA OU AMBIENTAL
Diploma e R$ 5.000,00

Cristiane Segatto, com o trabalho “O LADO OCULTO DAS CONTAS DE HOSPITAL”, publicado na revista ÉPOCA.

PRÊMIO ESSO DE EDUCAÇÃO
Diploma e R$ 5.000,00

Daniel Barros, com o trabalho “A DIFERENÇA COMEÇA NA ESCOLA”, publicado na revista EXAME.

PRÊMIO ESSO ESPECIAL DE PRIMEIRA PÁGINA
Diploma e R$ 5.000,00

Humberto Tziolas, Joana Ribeiro, Giselle Sant’Anna, Eduardo Pierre, André Hippertt e Sidinei Nunes, com o trabalho “NÃO VAI TER CAPA”, publicado no jornal MEIA HORA (RJ).

PRÊMIO ESSO DE CRIAÇÃO GRÁFICA – CATEGORIA JORNAL
Diploma e R$ 5.000,00

Gil Dicelli, Luciana Pimenta, Guabiras e Pedro Turano, com o trabalho “SERTÃO A FERRO E FOGO”, publicado no jornal O POVO (Fortaleza).

PRÊMIO ESSO DE CRIAÇÃO GRÁFICA – CATEGORIA REVISTA
Diploma e R$ 5.000,00

Rafaela Ranzani, Fernando Luna, Alex Cassalho, Bruna Sanches e Ian Herman, com o trabalho “DE OLHOS FECHADOS”, publicado na TRIP.

PRÊMIO ESSO REGIONAL NORTE/NORDESTE
Diploma e R$ 3.000,00

Júlia Schiaffarino, com o trabalho “VIDAS PARTIDAS”, publicado no DIÁRIO DE PERNAMBUCO (Recife).

PRÊMIO ESSO REGIONAL CENTRO-OESTE
Diploma e R$ 3.000,00

Mateus Parreiras e Luiz Ribeiro, com o trabalho “A NOVA FRONTEIRA DA SEDE”, publicado no ESTADO DE MINAS.

PRÊMIO ESSO REGIONAL SUL
Diploma e R$ 3.000,00

Letícia Duarte e Félix Zucco, com o trabalho “LIÇÕES DA TURMA 11F”, publicado em ZERO HORA.

PRÊMIO ESSO REGIONAL SUDESTE
Diploma e R$ 3.000,00

Guilherme Amado, com o trabalho “OS EMBAIXADORES DO NARCOSUL”, publicado no jornal EXTRA (RJ).

MELHOR CONTRIBUIÇÃO À IMPRENSA

A Comissão de Premiação da Mídia Impressa concedeu a distinção de Melhor Contribuição à Imprensa à revista PIAUÍ pelo trabalho do texto e o aprofundamento de temas atuais.

 

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012