9 de agosto de 2022


Mídia esportiva cearense abraça o podcast


13/01/2021


Podcast: uma realidade que a grande mídia esportiva cearense já abraçou

 

Coluna Mídia Esporte Clube – por Bruno Balacó

Por Bruno Balacó, jornalista, cronista esportivo e pesquisador da Rede Nordestina de Estudos em Mídia e Esporte (ReNEme)

 A entrada dos veículos da grande mídia do País (em especial, da Globo) foi determinante para impulsionar a popularização do podcast no Brasil, entre 2018 e 2019. Desde então, a produção e a audiência dos conteúdos em áudio distribuídos na internet só cresce, como mostram as pesquisas na área. A Associação Brasileira de Podcasters (Abpod) estima que o País conte atualmente com um público entre 20 milhões e 34,6 milhões de ouvintes. Os grupos de comunicação do estado do Ceará já entenderam a força dessa ferramenta e vêm apostando nessa tendência de uns tempos pra cá. Diferentes possibilidades de formato (de pílulas com comentários de cinco minutos a debates que chegam a duas horas de gravação) e divulgação (em sites, redes sociais e plataformas que tocam podcast, como o Spotify, o Deezer, Google e Apple Podcasts) são testadas. Nesse universo de produções ultra-segmentadas, onde se pode abordar todo tipo de assunto, os podcasts esportivos se destacam.

A iniciativa pioneira na grande mídia local é a do FutCast, lançado pelo Grupo de Comunicação O POVO em junho de 2018. Com mais de 100 episódios publicados, a programa é voltado ao debate e análise do futebol cearense. Além de contar com a participação dos integrantes da equipe do Esportes O POVO, o projeto abre espaço para entrevistas, histórias de bastidores e informações dos principais clubes do Estado. O FutCast é um dos podcasts mais consolidados e de maior audiência na empresa. Outra investida da casa foi o Futebol Não é Soccer, lançado em dezembro de 2019, com foco nas análises sobre o futebol internacional. A produção se pauta, entre outros assuntos, pela Liga dos Campeões da Europa e pela Premier League.

Quem também vem colhendo números bem positivos com podcasts é o Sistema Verdes Mares (SVM). O eixo central da produção do Grupo é capitaneado pela Rádio Verdes Mares AM, a Verdinha. Em setembro de 2020, dez meses após o investimento inicial nesse tipo de mídia, o SVM anunciou ter superado a marca de 500 mil reproduções e downloads em seus cerca de 20 podcasts. Entre as opções do cardápio, o esporte é o segmento que mais sobressai, com um total de sete produções: FortalezaCast (notícias do Fortaleza), PodCorrer (corridas de rua), CearáCast (notícias do Ceará), Debate Jogada (lives de cobertura esportiva local convertidas para o formato de podcast), Bate-papo com Craques (entrevistas com atletas), ProfCast (estatísticas e análises táticas) e Elas no Esporte (mulheres que se destacam no esporte). Destes, dois chamam atenção pela regularidade nas produções: o FortalezaCast e o CearáCast, com um pegada factual, que debate o noticiário, de pré e pós-jogos das duas principais equipes do futebol cearense.

Outro veículo ligado ao SVM, o GE (Globo Esporte) Ceará também conta com o seu podcast esportivo: o CE na Rede. Lançado em novembro de 2019, o produto já conta com 70 episódios publicados. Os jornalistas da equipe (o que inclui tanto os que alimentam o portal quanto aos que integram o programa exibido de segunda a sábado na TV Verdes Mares) formam a bancada de debates, que prioriza a discussão sobre os times da Capital, mas também abre espaço para equipes do interior e de outras modalidades, como corrida de rua.

A aposta pelo formato dos podcasts também é uma das investidas do Sistema Jangadeiro, através de sua multiplataforma de conteúdo esportivo: o Futebolês, marca que dá nome ao site, ao programa de rádio (na Jangadeiro Band News) e ao de televisão (na TV Jangadeiro). Além das mídias tradicionais, a programação esportiva também transborda para as redes sociais, em transmissões ao vivo com imagens, via streaming, pelo Facebook e pelo Youtube. Em setembro de 2019, o Futebolês adentrou no universo dos podcasts, lançando o canal Futebolês Podcast nas plataformas de áudio e, junto com ele, um produto próprio de debates e análises esportivas do futebol cearense, disponibilizadas nas principais plataformas de áudio. A produção seguiu ativa até pouco antes do início da pandemia do novo coronavírus. Em setembro de 2020, o Futebolês retomou a produção em seu canal de podcast, mas de outra forma, passando a disponibilizar as edições do seu programa esportivo na rádio Jangadeiro Band News.

Há, dentro e fora da grande mídia esportiva cearense, muito espaço e potencial para a produção de podcasts esportivos, tendo em vista o sucesso que essa mídia sonora tem feito Brasil a fora. No Nordeste, um dos cases é o Podcast 45 Minutos, produzido a partir de Recife. No País, um dos mais badalados é o Posse de Bola, do UOL. Veículos como o SporTV e a ESPN Brasil também contam com variadas produções na área. Cada um deles, com público cativo engajado, formado em sua maioria por jovens. Uma geração que se atualiza cada vez mais das novidades do mundo esportivo de qualquer lugar, sem precisar estar diante da TV ou de um computador. Afinal, uma das grandes diferenciais do podcast é que você, além de baixar os áudios para ouvir sem precisar estar conectado à internet, pode ouvir os conteúdos quando e onde quiser, no caminho para o trabalho ou fazendo atividades do lar, por exemplo. Prático e simples assim.

*Essa coluna é publicada na torcidak.com.br, às terças-feiras

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012