9 de agosto de 2022


Nota de Repúdio a ataque na live “Lute como uma Jornalista”


15/03/2021


O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro vem a público comunicar, denunciar e repudiar a invasão de bandidos da Internet,  ordinários, intoleráveis, criminosos, que invadiram a live de debates com o tema central  “Lute como uma Jornalista” e outros assuntos como “Jornalistas em tempo de pandemia”,  “Protagonismo das jornalistas no mercado do trabalho” e o “Assédio no exercício da profissão”, promovida pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, com apoio da Federação Nacional de Jornalistas.

A live teve como apresentador o presidente do Sindicato,  Mário Sousa, mediadora Dulce Tupy e participantes Bianca Marques, Diretora e Delegada Sindical, Fernanda Viseu, Diretora e Delegada Sindical, Claudia Barcellos, Diretora e Jane Portela, Delegada Sindical.

Apesar das ameaças contra os jornalistas e a liberdade de imprensa, a baixaria dos criminosos foi deletada a tempo e o debate ocorreu normalmente. Informamos que o debate virtual foi gravado e já está no Facebook do Sindicato e, em breve, estará também no site do Sindicato que está sendo atualizado.
O Sindicato tem conhecimento que esta onda de ataques na rede social faz parte de um plano de criminosos e  fascistas disseminando  o ódio e a violência contra os movimentos sociais, a política progressista, o Jornalismo e os jornalistas, num claro atentado contra a liberdade de imprensa e a Democracia.
Este ataque está sendo denunciado à Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ), à Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a toda imprensa do País.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012