28 de novembro de 2022


Novas denúncias contra o News of The World


18/03/2013


A polícia britânica investiga cerca de 600 novas denúncias de possíveis grampos telefônicos cometidos pelo periódico News of the World. O tabloide, de propriedade do magnata da mídia Rupert Murdoch, encerrou suas atividades em julho de 2011 devido ao escândalo que pôs em xeque a imprensa britânica e culminou nesta segunda-feira, 18 de março, na criação de um novo órgão regulador das atividades da mídia. Os dados provêm do histórico telefônico de um informante da polícia transformado em testemunha da Promotoria e que anteriormente era próximo ao grupo midiático.
 
As denúncias foram apresentadas nesta segunda-feira, 18 de março, ao Tribunal Superior de Londres. Na última quinta-feira, 14 de março, quatro jornalistas do grupo britânico Mirror foram detidos por supostas escutas telefônicas entre os anos de 2003 e 2004. Antes, já haviam sido detidos, entre outros, dois ex-diretores do News of the World, Andy Coulson e Rebekah Brooks, ambos do círculo do primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron.
 
Cameron apresentou uma proposta na Câmara dos Comuns para regular, sem necessidade de sancionar uma lei, a imprensa escrita britânica, aprovada pelos três principais partidos do país.
 
*Com informações da agência de notícias EFE.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012