9 de agosto de 2022


New York Daily News
reduz equipe à metade


24/07/2018


Imagem: AFP

“Trabalhamos duro para tentar transformá-lo [o jornal] em uma empresa puramente digital, com mais rapidez e frequência [na informação sobre Nova York]. Não fomos longe o suficiente”, diz em comunicado o grupo Tronc, dono da publicação. O nova-iorquino Daily News empregava cerca de 85 jornalistas antes do anúncio, segundo o rival New York Post. As demissões incluem o diretor do diário, Jim Rich, e a segunda no comando da redação, Kristen Lee.

Os cortes no jornal de 99 anos e ganhador de 11 prêmios Pulitzer, conhecido pelas manchetes provocativas e por enfrentar os poderosos da cidade, incluindo o empresário imobiliário Donald Trump muito antes de ser eleito presidente do país, atraíram críticas de leitores e políticos, informaram os jornais El País e a Reuters. O jornal foi vendido por Mortimer Zuckerman ao grupo Tronc no ano passado pelo valor simbólico de US$ 1, o equivalente ao preço de um exemplar, na época. No momento da negociação, o jornal perdia US$ 30 milhões ano.

Agora, o grupo Tronc, também dos jornais Los Angeles Times e Chicago Tribune, disse que os cortes têm o objetivo de tornar o jornal um concorrente mais forte no online. “Estamos reduzindo o tamanho da equipe editorial em aproximadamente 50% e reorientando grande parte do nosso talento em notícias de última hora – especialmente nas áreas de criminalidade, justiça civil e responsabilidade pública”, afirmou a empresa em nota.

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, criticou as demissões. “Não é segredo que eu tenho discordado de tempos em tempos do Daily News”, disse o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, no Twitter. “Mas a decisão gananciosa de Tronc de destruir a redação é ruim para o governo e um desastre para Nova York. A Tronc deveria vender o jornal para alguém comprometido com o jornalismo local.”

O Daily News alcançou o seu pico de circulação, de 2,4 milhões de exemplares nos dias da semana, em 1947. Mas a tiragem já havia despencado para 200 mil em 2017, quando Tronc comprou o jornal. Em abril e maio, o grupo demitiu dezenas de funcionários do Los Angeles Times e do Chicago Tribune.

Fonte: El País

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012