Morte de radialista mobiliza entidades


17/02/2009


A ONG Repórteres Sem Fronteiras (RSF), com o apoio do Sindicato dos Jornalistas do Paraguai, da Associação Paraguaia de Comunicação Comunitária e da Federação Internacional dos Jornalistas, divulgou comunicado nesta terça-feira, 17, exigindo respostas sobre as investigações do assassinato do jornalista Martín Ocampos Páez, Diretor da rádio comunitária Hugua Nãndu FM, ocorrido no dia 12 do último mês, em Concepción, no Paraguai. Segundo a RSF, a morte do jornalista pode estar relacionada com suas atividades profissionais, lembrando que ele freqüentemente denunciava o envolvimento do narcotráfico com integrantes da polícia e do Exército locais, e vinha recebendo ameaças de morte.

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012