Lia de Itamaracá


25/09/2007


“Fotografei Lia no mesmo dia que Dona Selma — uma pela manhã, outra à tarde. Lia é outra redescoberta da música pernambucana. Fotografá-la foi muito legal. Desde criança ouvia falar em Lia de Itamaracá. Aquela negra inatingível, uma Janaína, uma Iemanjá. As fotos rolaram num clima de descontração e fraternidade. Ela brincou comigo na praia e no meio do coqueiral me disse que estávamos ali não para fotografar, mas para uma panelada para Iemanjá”

    

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012