Editor desaparece e casa é encontrada revirada


06/09/2016


Mateus Silva Júnior. Foto: Divulgação

Mateus Silva Júnior. Foto: Divulgação

O jornalista Mateus Silva Junior, de 47 anos, está desaparecido desde a madrugada de sábado (3). Ele foi visto pela última vez, por volta das 2h, em um bar da quadra 303 Norte, em Palmas, Tocantins. A polícia foi até a casa do homem na 306 Sul nesta segunda-feira (5) e encontrou o local aberto e revirado.

Ex-secretário estadual de Comunicação, o jornalista trabalha atualmente na Federação da Agricultura e Pecuária do Tocantins (Faet) e na prefeitura de Palmas, como assessor de Comunicação, além do jornal Stylo, onde é editor-chefe. Mateus Silva teria informado à Secretaria que iria fazer uma viagem, mas não comunicou ao setor onde está lotado.

As informações ainda apontam que amigos fazem ligações para o celular de Mateus, mas que todas caem na caixa de mensagem. No Facebook, os amigos pedem que quem souber o paradeiro do jornalista avisar à polícia.

Na casa foram encontrados copos quebrados pelo chão, gavetas remexidas, piscina ligada e cheia de latas de cerveja. Uma televisão foi levada e o carro da vítima não estava na garagem, porém, os documentos de Junior e do veículo ficaram para trás.
Vizinhos disseram ter ouvido sons na casa do jornalista por volta das 4h de sábado. A empregada que trabalhava para a vítima desde 2009 foi a primeira a perceber que o jornalista estava desaparecido.

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que mesmo sem ter um registro oficial de desaparecimento de Júnior em nenhuma delegacia da Capital, todas as providências estão sendo tomadas para localizá-lo. A Polícia Técnica fez perícia na casa da vítima e o caso foi registrado na 1º DP de Palmas.

 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012