Jornalista de 31 anos encontrada morta no interior do RS


Por Igor Waltz*

27/01/2014


Aline Bassan Martins (Crédito: Arquivo Pessoal)

Aline Bassan Martins (Crédito: Arquivo Pessoal)

Uma jornalista de 31 anos foi encontrada morta no município de Carazinho, no interior do Rio Grande do Sul, na última sexta-feira, 24 de janeiro, por volta das 22h. Aline Bassan Martins foi localizada pelo companheiro, o vereador Otto Gherardt (PT), com um tiro na cabeça, na fazenda do casal, localizada no km 233 da BR 285, ao lado do campus da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) na cidade. A arma usada no disparo pertence à família.

Aline, que trabalhou como repórter da TV RBS e do jornal Correio do Povo, atualmente gerenciava uma casa de eventos, localizada no mesmo local, juntamente com Gherardt, e realizava trabalhos eventuais para revistas. Ela era filha do também jornalista Jairo Martins, ex-secretário municipal de Educação de Carazinho.

As investigações sobre o caso ainda não terminaram, mas a Polícia Civil suspeita que Aline tenha tirado a própria vida. O enterro aconteceu na tarde de sábado, 25 de janeiro, no Cemitério da Glória, também em Carazinho.

*Com informações do jornal Zero Hora, Correio do Povo e Portal Comunique-se. 

Siga a abi

© 2013 ABI - Associação Brasileira de Imprensa – todos os direitos reservados -Rua Araújo Porto Alegre, 71 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Cep: 20030-012